Um cartaz de ‘procura-se’ feito por uma criança de sete anos ajudou uma família de Praia Grande, no litoral de São Paulo, a encontrar Kiko (a grafia é com ‘K’, segundo a dona), a calopsita de estimação que estava desaparecida. A dona da ave conta que Kiko foi devolvido nesta quinta-feira (19), após ser reconhecido nas redes sociais.

O reencontro aconteceu após uma moradora reconhecer a calopsita desaparecida na última segunda-feira (16), perdida na Avenida Presidente Kennedy, no bairro da Aviação em Praia Grande. Temendo que a ave pudesse ter fugido, a mulher, que não foi identificada, recolheu a calopsita da rua.

De acordo a tutora de Kiko, a dona de casa Valdilene Fernandes de 44 anos, a moradora entrou em contato após reconhecer a calopsita nas redes sociais, por meio do cartaz feito pela sobrinha de Valdilene, a menina Kimberlly Dias. “Ela viu o cartaz e as fotos e avisou meu marido, então fomos buscar o Kiko”.

Kiko e os novos 'irmãos', as calopsitas Ben e Bela — Foto: Arquivo Pessoal/Valdilene FernandesKiko e os novos ‘irmãos’, as calopsitas Ben e Bela — Foto: Arquivo Pessoal/Valdilene Fernandes

Junto da sobrinha e o esposo, Valdilene foi até a casa onde estava Kiko, que foi devolvido pelos filhos da moradora que o resgatou. “Foi muito feliz, eu chamei ele de ‘meu amor’ e ele reconheceu, pulou direto em mim. Eu e a Kimberlly abraçamos ele de felicidade, foi lindo”.

A dona de casa conta ainda que , após a repercussão do caso nas redes sociais, um morador de Santos se comoveu com a história e doou um casal de calopsitas para a família. “Ele ficou comovido e nos deu um casal de calopsitas, que eu a Kimberlly batizamos de Ben e Bela”.

“Eu fiquei muito feliz de reencontrar o Kiko, de saber que ainda existe gente boa nesse mundo. Agora ele já está em casa com a gente e com os novos irmãos, agradeço a todos que ajudaram a encontrar ele”, finaliza Valdilene.

Valdilene e a sobrinha, Kimberlly Dias, reencontraram a calopsita Kiko — Foto: Arquivo Pessoal/Valdilene FernandesValdilene e a sobrinha, Kimberlly Dias, reencontraram a calopsita Kiko — Foto: Arquivo Pessoal/Valdilene Fernandes Menina de sete anos cria cartaz para auxiliar nas buscas por calopsita desaparecida em SP — Foto: Arquivo Pessoal

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Festival Gastronômico vai reunir 24 bares no Teatro de Arena

—–PUBLICIDADE—— A Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo de Ameri…