O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (02/12/2019) que, se necessário, conversará com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a retomada de tarifas sobre a importação de aço e alumínio do Brasil e da Argentina.

Segundo o chefe do Executivo, antes disso, ele terá uma conversa sobre o assunto com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Vou falar com o Guedes hoje [segunda-feira]. Alumínio? Vou falar com o Paulo Guedes agora. Se for o caso, ligo para o Trump. Eu tenho um canal aberto com ele”, afirmou.

Ao ser questionado se é possível reverter o anúncio feito pelo presidente norte-americano, o brasileiro não soube responder. “Converso com o Paulo Guedes e depois dou uma resposta, para não ter que recuar”, disse Bolsonaro.

Nesta segunda, Trump afirmou em conta oficial no Twitter que a desvalorização das moedas de Brasil e Argentina, promovida pelos governos dos dois países, prejudica agricultores norte-americanos. Por isso, vai restaurar as tarifas de importação sobre o aço e o alumínio dos dois países.

“Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas. O que não é bom para nossos agricultores”, escreveu Donald Trump. “Portanto, com efeito imediato, vou restaurar as tarifas de todo o aço e alumínio enviados para os EUA a partir desses países”.

Na sexta-feira, o dólar fechou a R$ 4,2397, em alta de 0,57%, acumulando valorização de 5,73% no mês de novembro. No ano, tem alta de 9,43% frente ao real.

Fonte: Metrópoles

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Polícia Civil descobre laboratório de anabolizantes em apartamento no centro de Campinas

Polícia de Paulínia descobre laboratório clandestino de produção de anabolizantes Policiai…