https://www.portalcbncampinas.com.br/wp-content/uploads/2019/10/MANIFESTACAO-VINHEDO_VALERIA_23102019.mp3

Um protesto de educadores do ensino infantil de Vinhedo reuniu cerca de 250 pessoas na Praça Santana, no centro da cidade, na manhã desta quarta-feira. De acordo com a Auxiliar de Educação Infantil, Simone Aparecida de Lima, uma das organizadoras do movimento, a categoria reivindica valorização e respeito, com inclusão no plano de cargos e carreiras do magistério.

Simone afirma que apesar de representarem a primeira etapa da educação básica de Vinhedo, a categoria possui salários e direitos inferiores aos demais profissionais da educação municipal, em desrespeito ao Plano Nacional de Educação. Foi um dia de paralisação em todas as creches da cidade, o que, de acordo com Simone, pode se tornar uma greve por tempo indeterminado, caso a categoria não seja atendida  pela administração municipal.

A Prefeitura de Vinhedo informou que já avançou, e muito, na defesa do trabalho dos Auxiliares de Educação Infantil, como por exemplo, a redução da carga horária, de 8 para 6 horas, sem prejuízo de vencimentos, com salário e benefícios que somam cerca de R$ 2.600,00.

Esclarece que no momento a solicitação das Auxiliares de Educação Infantil está além do que a Prefeitura pode atender, sempre tendo a Legislação como parâmetro. A Administração Municipal reafirmou que tem dialogado com a categoria e que as crianças e os pais de Vinhedo não podem ser prejudicados. Até o final da manhã desta quarta-feira, a adesão dos auxiliares de Educação Infantil havia sido total em ao menos seis unidades, de um total de 19 com esse tipo de atividade.

Fonte: CBN Campinas

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Estádio da Mogiana é tombado pelo Condepacc

Cedoc/RAC A decisão não impedirá que o governo do Estado venda o centro esportivo, mas cri…