Pavani acredita que as controvérsias sobre os agrotóxicos e as queimadas à Amazônia devem ser abordadas

Divulgação

Pavani acredita que as controvérsias sobre os agrotóxicos e as queimadas à Amazônia devem ser abordadas

O professor Marcelo Pavani, diretor do Curso Pré-Vestibular Oficina do Estudante, faz um alerta aos estudantes que vão fazer hoje o segundo dia de Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 – quando serão aplicadas as provas de Matemática, Física, Biologia e Quimica. “Primeira coisa: esqueça a prova de domingo passado. A prova daquele dia, não tem qualquer influência sobre a prova deste domingo”, diz ele. “E isso vale para tudo, quer você tenha tido um desempenho abaixo do esperado, quer tenha feito uma prova animadora”, acrescenta. “Então vai devagar. Se concentra. Continue estudante e vai para a prova concentrado”, explicou.

Outra dica importante do professor. “Segure a ansiedade”, diz.

“Lembra de todo aquele processo que antecedeu a prova? A prova não se resolve na prova, a prova é só o final de um processo que começou no ensino básico; um processo de amadurecimento”, diz ele. “Lembra das suas renúncias? Das muitas coisas que você deixou de fazer para estudar, para fazer prova, fazer simulado? Pois é. Foi esse processo diário de renúncia que levou você para a prova”, acrescenta.

“Diante disso, agora não é um momento para se matar de estudar. É momento para você ficar bem”, reforça.

Sobre a prova, o professor faz uma ressalva. Diz que é possível que apareçam questões como evolução biológica; controvérsias envolvendo o uso de agrotóxicos ou os impactos ambientais pelas queimadas à Amazônia. “ Mas isso só deve aparecer de modo tangencial” , aposta ele.

Professor Pavani diz que o aluno deve ficar atento aos textos e enunciados das questões.

“No primeiro dia de provas vimos muitas questões confusas. O texto do enunciado estava meio deslocado, quase como um enfeite; não se relacionava com a questão. Às vezes até atrapalhou. Então não me surpreenderia se aparecerem textos que pouco ajudam e até atrapalham. Isso tem de tomar cuidado” , alerta ele.

Estudantes que faltaram no primeiro dia de exame podem fazer as provas de hoje. A prova servirá, porém, apenas para autoavaliação, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O estudante que se sentiu prejudicado no Enem poderá informar o Inep, pela Página do Participante, entre os dias 11 e 18. Cada caso será analisado e o participante poderá ter direito a fazer a prova novamente.

Podem ter direito à reaplicação, de acordo com o edital do exame, aqueles que foram afetados por problemas logísticos. São considerados problemas logísticos fatores como desastres naturais que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local; falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural; e erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que leve ao comprovado prejuízo do participante.

O resultado da solicitação poderá ser consultado, também, na Página do Participante. A reaplicação do Enem 2019 irá acontecer nos dias 10 e 11 de dezembro, para quem tiver o pedido aprovado. 

Gabaritos serão divulgados no dia 13 no portal do Inep

Os gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão divulgado no dia 13 de novembro, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Texeira (Inep).

Os participantes fizeram no dias três de novembro as provas de redação, linguagens e ciências humanas. Hoje, fazem as provas de matemática e as chamadas Ciências da Natureza – Biologia, Física e Quimica.

A partir das 18h30 deste domingo, os estudantes já poderão sair dos locais de prova com os Cadernos de Questões do Enem, o que ajuda na hora de conferir os gabaritos.

No dia 13, os participantes poderão acessar os gabaritos pelo portal do Inep ou pelo aplicativo do Enem.

No total, são seis gabaritos para cada dia e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis.

Segundo o Inep, os candidatos deverão ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação.

Mesmo com o gabarito em mãos, não será possível saber a nota final do Enem.

Isso por que o sistema de correção da prova, que segue a chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI), não atribui um valor fixo para cada questão.

Os resultados individuais do Enem 2019 serão divulgados também na Página do Participante ou no aplicativo do Enem, em data a ser anunciada, a partir de consulta com CPF e senha. A previsão é de que ocorra em janeiro.

De acordo com o Inep, o resultado dos participantes eliminados não será divulgado, mesmo que eles tenham realizado o Enem nos dois dias de aplicação.

Para os treineiros, que fazem o exame para autoavaliação de conhecimentos, a consulta só será liberada 60 dias após a divulgação dos resultados

Escrito por:

Da Agência Anhanguera

Fonte: RAC

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Share RH divulga oportunidade(s) para Analista de Gestão de Fornecedores de TI

Principais Responsabilidades Executar atividades relacionadas a gestão de contratos e forn…