Dois grupos que protestaram na frente do Bosque dos Jequitibás em Campinas no último domingo, dia 20/10, quase entraram em confronto. Ambos estavam tentando convencer os visitantes a serem favoráveis e contrários à retirada dos animais que vivem no Bosque.

De um lado, a Associação Amigos do Bosque dos Jequitibás tentava convencer as pessoas sobre a necessidade de manter os animais no local, pois de acordo com o presidente da associação, são eles quem atraem os visitantes.

Do outro lado, um grupo abriu um cartaz mostrando que é contrário à manutenção dos animais no local, que é a ideia real da prefeitura. Houve uma rápida discussão entre os grupos e a administração do Bosque chamou a Guarda Municipal.

Atualmente vivem no Bosque cerca de 200 animais de pequeno porte, que continuarão por ali andando livremente. O projeto de lei quer retirar apenas os animais que vivem em cativeiro, ou seja, presos. Quando os animais forem morrendo, eles não serão mais repostos. O caso será discutido em uma audiência pública na Câmara dos Vereadores no próximo dia 04/11.

O intuito da audiência é chamar quem é favorável e quem é contrário ao projeto para ouvir os dois lados e tentar chegar a um consenso.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Estádio da Mogiana é tombado pelo Condepacc

Cedoc/RAC A decisão não impedirá que o governo do Estado venda o centro esportivo, mas cri…