Participe do nosso grupo e tenha um currículo capaz de atrair 5X mais entrevistas

Rosaura Vaz tinha 80 anos. Foto: Reprodução

Rosaura Vaz tinha 80 anos. Foto: Reprodução

Após ser velada durante oito horas, uma idosa foi levada de volta ao hospital depois de apresentar sinais vitais durante a cerimônia. Na unidade de saúde, os médicos constataram a morte de Rosaura Vaz, 80 anos. O episódio aconteceu na terça-feira (20), na cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul.

Leia também:
Velório no Ceará é interrompido após morto “apertar” mão da esposa

O velório começou à 1h no cemitério José de Arimatéia. Por volta das 9h, os familiares perceberam que o corpo de Rosaura estava quente e pele da idosa apresentava uma coloração mais própria de pessoas ainda vivas. Um médico foi chamado e Rosaura foi levada novamente para o hospital. Lá, um médico confirmou a morte da mulher.

A idosa foi internada na sexta-feira (16) com um quadro de diabetes e estava na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa de Caridade de Bagé. Na terça, a família recebeu uma ligação do hospital contando que ela havia sofrido uma parada cardiorrespiratória. Ao chegarem na unidade, a equipe médica informou que a paciente tinha morrido.

Um inquérito foi instaurado para investigar o caso e o corpo da idosa deverá passar por uma necrópsia para determinar a hora da morte. Em nota, a Santa Casa afirmou que o óbito foi constatado por volta das 0h30 de terça e que um médico do hospital voltou ao cemitério e ofereceu a remoção da idosa para unidade com o objetivo de “acalmar e confortar os familiares”. A unidade finaliza declarando estar à disposição das autoridades.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Morre criança baleada durante ação da Polícia Militar do RJ

Participe do nosso grupo e tenha um currículo capaz de atrair 5X mais entrevistas Agatha V…