Professor de Muay Thay é preso por saidinha

Divulgação

Professor de Muay Thay é preso por saidinha

Um vigilante de 23 anos, vítima de saidinha de banco, fotografou um dos bandidos que o atacaram e ajudou a polícia na identificação de dois criminosos. Com a ajuda das guardas municipais de Campinas e Valinhos, a Polícia Civil conseguiu identificar o ladrão da foto, que é um professor de Muay Thay, de 39 anos.

A GM foi até a casa do suspeito e a mulher dele, que não sabia da segunda atividade do marido, o obrigou a se apresentar na delegacia. Ele obedeceu, foi indiciado e vai responder o crime em liberdade. O roubo aconteceu na manhã de segunda-feira na Rua Duque de Caxias, no centro de Campinas. 

O assalto aconteceu após a vítima sacar R$ 1 mil de uma agência bancária. Ele foi atacado por dois homens e uma mulher quando caminhava na via. A vítima relatou para a polícia que o professor lhe deu uma “gravata” para imobilizá-lo, enquanto o comparsa, identificado com um pedreiro de 50 anos, revistou e pegou o dinheiro. A mulher também ajudou na ação, segurando a vítima. A ação aconteceu por volta do meio-dia.

Após pegar o dinheiro, o trio fugiu a pé, mas o vigilante pegou o celular e fotografou o professor quando fugia. A vítima foi até o 1º Distrito Policial (DP), registrou boletim de ocorrência e mostrou para os policiais civis a foto de um dos ladrões.

Então, os investigadores pediram ajuda da Guarda Municipal (GM), que reconheceu o professor, uma vez que o suspeito atua como papeiro na região central da cidade. O homem foi identificado como W.C.O., que acabou se apresentando na tarde do mesmo dia, após a polícia descobrir o endereço e entrar em contato com a mulher dele. O professor é morador de Valinhos e a polícia pediu ajuda da GM daquela cidade.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera

Fonte: RAC

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Vídeo: passageira diz que motorista de app tem “corzinha complicada”

[embedded content] Um motorista de aplicativo de Salvador, na Bahia, denunciou uma passage…