Interior de SP

Mais um ato de covardia!

Jovem de 18 anos foi internada no Hospital Estadual de Sumaré da Unicamp. Mãe suspeita de envolvimento do companheiro da vítima no crime. Caso aconteceu em Campinas.

Uma jovem de 18 anos, grávida de 7 meses, foi brutalmente espancada e perdeu o bebê em Sumaré (SP). O crime foi na última sexta-feira (1). O Hospital Estadual (HES) da Unicamp, confirmou nesta segunda (4) que a mulher está internada com fraturas no crânio, face e braços, e que o feto não resistiu.

Em entrevista à EPTV, afiliada da TV Globo, a mãe da jovem, que teve a identidade preservada na reportagem, afirmou que não foi a primeira vez que filha foi agredida e hospitalizada por causa de lesões.

A mãe mora em outro estado e chegou a levar a filha com ela da primeira vez, mas a jovem retornou ao interior paulista após um mês.

Desta vez, a vítima contou à mãe que foi atingida por golpes de barras de ferro e pedaços de madeira, e que as agressoras eram mulheres – entre elas a ex-namorada do companheiro da filha -, que a abordaram na rua. A última agressão que a filha sofreu foi provocada pelo namorado, mas não foi registrado boletim de ocorrência na delegacia.

Investigação

A mãe da jovem informou que registrou boletim de ocorrência na Polícia Militar. A vítima também teve perfuração no pulmão e não tem previsão de alta. O estado de saúde é estável, segundo o hospital.

A reportagem da EPTV recebeu imagens das mensagens postadas pelo namorado em redes sociais que indicam participação no crime. A Polícia Civil informou que o caso será investigado pela delegacia de Hortolândia, já que o crime ocorreu no limite entre os municípios.

Fonte: G1

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Em ano de eleição, prefeitura de Campinas reajusta IPTU em 12,8%

Compartilhar Facebook Twitter WhatsApp Email A prefeitura de Campinas prepara um presentão…