Como você calcula a idade do seu amigão de 4 patas? Muito provavelmente apenas multiplica os anos de vida dele por 7, não é? Esse mito surgiu lá no século XIII, mas nós ainda continuamos a acreditar nele nos dias de hoje. Com base nesse exemplo, cientistas provaram que é mais provável que as pessoas acreditem em fatos falsos que correspondam mais facilmente com sua realidade cotidiana, do que em fatos científicos que à primeira vista aparentam ser incompatíveis, mesmo que já estejam 100% provados.

Nós, do Incrível.club, analisamos centenas de estudos que confirmam a autenticidade dos 22 fatos não muito agradáveis ​​sobre o ser humano e o mundo que o cerca. E ainda assim é difícil de acreditar que o filhote de Coala se alimenta de fezes. Confira!

  • Coliformes fecais (bactérias presentes no intestino humano) podem ir parar na sua escova de dentes caso você não feche a tampa do vaso sanitário quando der descarga.
  • As fezes podem penetrar em até 10 camadas de papel higiênico de baixa qualidade.
  • No embrião humano, forma-se primeiramente o ânus e só depois a boca, por isso o ser humano está relacionado ao grupo dos deuterostômios.
  • Espremer espinhas na região do nariz e na região entre ele e os cantos da boca, pode ser muito perigoso para a saúde. Os cientistas chamam essa zona de triângulo da morte, pois ela está conectada diretamente ao cérebro através de vasos sanguíneos, pelos quais uma infecção pode se espalhar rapidamente.
  • O principal componente dos perfumes é o âmbar gris — uma substância que é formada no intestino das baleias cachalotes. Mas antes de passar por um tratamento com álcool, ele tem um cheiro pronunciado de fezes.
  • Os produtos para teste em lojas de cosméticos contêm bactérias patogênicas que podem causar infecções oculares e cutâneas.
  • Os britânicos perdem 99 mil litros de cerveja todo ano apenas com a quantidade que acaba indo parar em suas barbas e bigodes.
  • Batalhas de rap não são um fenômeno novo. A troca de versos, que geralmente têm um tom ofensivo, era bastante popular na Inglaterra e na Escócia do século V ao XVI.
  • Em 2008, enquanto mais da metade dos adolescentes britânicos considerava que Sherlock Holmes tinha existido de verdade, um quarto deles acreditava que Winston Churchill era apenas um personagem fictício.
  • A chance de morrer por causa de um acidente (por exemplo, enquanto se dirige um carro) para os canhotos é 5 vezes maior do que para os destros.
  • Por volta dos 50-60 anos, uma pessoa já perdeu cerca de metade de seus receptores do paladar.
  • O corpo humano não reconhece os olhos como um órgão próprio. Por isso, uma barreira protetora especial não permite que células imunológicas cheguem até eles e, literalmente, os destruam. Isso é chamado de privilégio imunológico de um órgão.
  • Existem, em média, 75 litros de urina nas piscinas públicas
  • No organismo humano, a quantidade de bactérias é quase equivalente à de células — cerca de 10 trilhões.
  • Uma pessoa que bebe café regularmente engole até 140 mil fragmentos de insetos por ano junto com a bebida (mas a maior parte deles é totalmente inofensiva).
  • No caminho para o cume do Everest, existem pelo menos 250 corpos de alpinistas que morreram na tentativa de completar o trajeto e conquistar a montanha. Seus restos mortais não podem ser resgatados devido ao perigo da inclinação. Alguns corpos servem até como guia, orientando os alpinistas a determinar a altura em que se encontram.
  • Quando você sente algum cheiro, quer dizer que as moléculas da substância que o emitem já estão em contato com a mucosa de seu nariz.
  • Apesar de os gatos serem portadores do parasita que causa a toxoplasmose, doença que pode chegar a causar danos no cérebro humano e, em alguns casos, até desenvolver doenças mentais como a esquizofrenia, o risco de acabar contraindo essa doença devido a um animal de estimação é muito pequeno.
  • Os filhotes adoram brinquedos que fazem barulho, porque o seu ruído os fazem lembrar do som emitido pelas presas mortas.
  • Para beber todo o sangue de uma pessoa, seriam necessários 1,1 milhão de mosquitos.
  • As preguiças defecam apenas uma vez por semana, pois apresentam uma digestão bastante lenta.
  • Nos primeiros meses de vida, os filhotes de coala comem os excrementos de suas mães — é assim que aprendem a digerir o eucalipto, um de seus principais alimentos.

Você conhece algum outro fato desagradável mas ao mesmo tempo bastante interessante sobre o corpo humano ou a natureza? Conte para a gente na seção de comentários.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Share RH divulga oportunidade(s) para Analista de Gestão de Fornecedores de TI

Principais Responsabilidades Executar atividades relacionadas a gestão de contratos e forn…