Participe do nosso grupo e tenha um currículo capaz de atrair 5X mais entrevistas

Olá! Meu nome é Natalia e eu sempre tive problemas com a minha pele. Quando adolescente, sofria de acne severa e tentava de tudo para me livrar dela: maquiagens caras, visitas a médicos, inúmeras dietas. A puberdade passou, e a pele ficou muito melhor, mas os poros dilatados, cravos e manchas pós-acne permaneceram comigo por muitos anos. Até que um dia decidi excluir os produtos lácteos da minha alimentação diária.

Hoje eu gostaria de contar aos leitores do Incrível.club sobre o que aconteceu com a minha pele depois de eu me abster totalmente do leite, e compartilhar minha experiência de como estou vivendo sem iogurtes, sorvetes e café sem leite por quase um ano.

Dificuldades para quebrar o vício

Como eu excluí produtos lácteos por um mês e continuo até hoje

Eu excluí meus alimentos favoritos, e após três meses, minha pele me agradeceu.

Os produtos lácteos sumiram da minha alimentação diária em 2018. Naquela época eu li sobre os seus efeitos negativos para a pele, o peso e o bem estar em geral. Além disso, eu comecei a notar que depois de comer esses tipos de produtos em grande quantidade, logo apareciam cravos na minha testa.

Devo dizer que eu nunca fui fã de leite puro, mas foi muito difícil não consumir iogurtes, manteiga e queijos que eu gostava tanto. Porém a minha curiosidade prevaleceu, e eu decidi fazer esse experimento.

O que foi mais difícil?

  • Milkshake no meu restaurante preferido? Não. Sorvete de casquinha num dia quente? Não. Uma colherzinha de maionese num prato de sopa? Pior ainda. Rejeitar produtos que você está acostumada a consumir não é fácil, mas nesse momento você tem que ter uma força de vontade muito grande. Quem sabe, talvez, essa seja a maneira que finalmente vai me livrar dos meus problemas de pele para sempre? Essa era a pergunta que eu fazia para mim mesma cada vez que lutava contra o meu desejo de comprar alguma coisa quando passava no departamento de laticínios no supermercado.
  • A maior tragédia para mim foi o café sem leite. Mas para minha surpresa, depois de seis meses eu parei de gostar de cappuccino e latte, e me apaixonei (embora não de primeira) pelo americano e expresso. Café sem leite tem um gosto especial, completo, harmônico e um aroma amargo agradável. Por que eu não percebi isso antes? Por outro lado, existem muitas alternativas para o leite de vaca, então não é necessário se privar do seu café preferido.
  • A minha família não entendia a minha escolha e sempre queria que eu bebesse leite (“Não inventa!”) e comesse pudim de leite (“Vai, só um pedacinho”). Meus amigos e colegas de trabalho também; depois de saberem que estou numa dieta sem leite, começaram a me pressionar e me oferecer para comer aquilo que eu não podia. Nesses casos é melhor fazer o seguinte: não discutir, não provar nada, mas também resistir às tentações.
  • Alimentação sem consumo de produtos lácteos também é um tipo de dieta. Por isso não se esqueça do seu autocontrole, pois há o risco de não resistir. Isso aconteceu comigo apenas duas vezes, no início. É importante lembrar que quanto antes você se acostumar com o novo modo de alimentação, mais rápido o seu organismo vai se adaptar e você verá o resultado. As recaídas vão fazer com que você volte ao ponto inicial constantemente.

O resultado: efeito de base

Como eu excluí produtos lácteos por um mês e continuo até hoje

  • O estado da minha pele realmente melhorou. Os poros ficaram quase invisíveis, as linhas de expressão se suavizaram, o tom se uniformizou. Espinhas aparecem muito raramente, só se eu comer doces demais.
  • Antes eu ficava sempre resfriada. Especialmente nas estações frias do ano, eu sempre tinha uma coriza que nunca passava e um desconforto desagradável na garganta. No último ano eu adoeci apenas uma vez. Não sei se isso tem a ver com produtos lácteos, mas minha imunidade nunca esteve tão forte.
  • Quando eu decidi fazer esse experimento, planejei viver sem leite por 2 ou 3 meses no máximo. Mas depois que esse tempo passou, eu percebi que essa dieta fez muito bem para mim e que com ela estou me sentindo muito melhor. Com o tempo, a minha vontade de comprar produtos à base de leite simplesmente sumiu, e a alimentação sem eles se tornou algo comum.

Eu nunca vi minha pele desse jeito

Alguns famosos também apoiam que não se consuma laticínios. Por exemplo, a modelo Elena Perminova compartilhou uma experiência semelhante a minha com seus seguidores: “Eu tive pequenas espinhas abaixo da epiderme facial por muito tempo, eram invisíveis para os outros, mas me incomodavam bastante. Certa vez, minha dermatologista australiana aconselhou que eu cortasse da minha alimentação todos os produtos à base de leite por pelo menos 2 semanas. Nem queijo, nem iogurte, nem leite no café, nada. Eu percebi o resultado já no 5º dia, eu nunca vi minha pele desse jeito”.

Mais uma celebridade russa, a atriz Anastasia Zadorojnaya, confessou em sua rede social que parou de consumir leite. “Eu excluí produtos lácteos por um mês e continuo até hoje. Sinto falta? Muito. Mas estou me sentindo muito melhor”, escreveu ela.

Consumir ou não?

Ainda não há uma resposta definitiva para saber se produtos lácteos são bons ou ruins. Aliás, todas as substâncias necessárias (vitaminas A, D, cálcio) que uma pessoa deixa de ingerir por causa de uma dieta sem leite, podem ser encontradas em outros alimentos, como tofu, amêndoas, verduras, folhas, brócolis, ovos, cogumelos e salmão.

Eu, particularmente, gostei dessa vida sem leite, e ainda não tenho vontade de retornar a minha alimentação anterior. Eu não gasto mais tanto dinheiro comprando cosméticos, não faço limpeza de pele e não uso base. Compro apenas um sabonete facial e demaquilante. Com o dinheiro que eu economizo, compro novos vestidos. E prefiro assim.

Talvez para algumas pessoas seja muito útil se abster desses produtos apenas por um tempo e depois voltar a consumi-los. De qualquer forma, cada organismo é único. Por isso, se você quiser fazer essa dieta, consulte seu médico primeiro.

Você tentaria essa experiência? Acredita que conseguiria ficar sem consumir produtos lácteos? Ou, se já deixou de consumi-los, conte-nos como foi a transição!

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Morre criança baleada durante ação da Polícia Militar do RJ

TA PREPARADA? SÃO 30 DIAS INCRÍVEIS! PARTICIPE AGORA Agatha Vitória Sales Félix, 8, morta …