Todos nós sabemos que colesterol alto não faz bem às artérias e ao coração, por isso estamos sempre de olho nos alimentos que aumentam o colesterol, e tentamos evitá-los e substituí-los por outros mais saudáveis. É o caso, por exemplo, da carne vermelha, que muitos evitam e a trocam pela carne branca. Contudo, um estudo recente descobriu algo que poderia mudar completamente a maneira como lidamos com as carnes e como elas afetam o nosso organismo.

O Incrível.club está sempre atrás de novas descobertas da ciência que olham para a nossa saúde. Confira abaixo os detalhes mais importantes desse estudo.

O que é o colesterol

instituição Texas Health explica que o colesterol é um lipídeo, ou seja, é uma substância gordurosa que o fígado produz e que é utilizada pelas células para formar suas membranas ou fabricar hormônios. Os alimentos de origem animal, como carne, ovos e lácteos, contêm colesterol em sua composição, e esse nível aumenta quando eles são consumidos.

Um nível alto de colesterol no sangue aumenta o risco de doenças cardíacas, porque ele tende a se acumular nas artérias. O nível recomendado é representado em miligramas por decilitro. Um valor normal está abaixo de 200 mg/dl. Quando a pessoa apresenta um valor maior, o médico diz que ela está com o colesterol alto. Para reduzir essa quantidade é preciso seguir as recomendações médicas, como emagrecer, mudar a alimentação e fazer exercícios físicos.

Carne vermelha vs. Carne branca

Nas últimas décadas, o consumo de carne vermelha passou a ser considerado perigoso porque ela era associada a um aumento do colesterol. Nesse sentido, as pessoas passaram a subsitituir a carne vermelha por carnes menos gordurosas, como a de frango e até mesmo de coelho.

Ninguém tinha se perguntado se a carne branca tinha realmente menos colesterol, até que alguns cientistas do Children’s Hospital Oakland Research Institute decidiram comparar os 2 tipos. O que eles descobriram foi realmente surpreendente: a carne vermelha e a carne branca aumentam igualmente o colesterol, já que os níveis de matéria de gordura são equivalentes. Isso significa que nenhuma das duas é saudável se não consumida com moderação.

Quando a comparação foi feita, esperava-se que a carne vermelha (de porco ou de vaca) tivesse um efeito maior no nível de colesterol. Contudo, isso não aconteceu, porque os níveis com a carne branca também aumentaramam, segundo o Dr. Ronald Krauss, responsável pela pesquisa.

E agora, o que podemos comer?

Segundo a conclusão do estudo, para diminuir os níveis de colesterol no sangue é preciso evitar ou diminuir muito o consumo de carnes vermelhas e brancas. Se isso não for possível, você deve escolher cortes de carne magra, ou seja, sem gordura visível. Outra recomendação: reduzir pouco a pouco a quantidade de carne e estabelecer alguns dias na semana em que comer carne seja proibido.

De qualquer maneira, nosso organismo precisa de proteínas para ativar as suas funções vitais. Mas onde podemos encontrá-las? Outro estudo publicado na revista Circulation demonstrou que uma dieta rica em proteínas vegetais não apenas ajuda a diminuir os níveis de colesterol prejudiciais, como também melhora a saúde cardiovascular. É também importante consumir produtos lácteos desnatados, peixes, frutas, hortaliças e ovos, fontes igualmente importantes de proteínas.

  • Grãos: lentilha, feijão, soja e grão de bico

  • Quinoa

  • Fungos e champignons

  • Produtos à base de soja: tempeh e tofu

  • Algas comestíveis

  • Frutos secos: amendoim, nozes, amêndoas

  • Sementes de gergelim, girassol, chia e abóbora

O médico também pode receitar remédios para controlar o colesterol. Além disso, é fundamental praticar esportes com regularidade.

O que você achou das informações trazidas por esse estudo? Você estaria disposto a parar de comer carne para o bem da sua saúde? Compartilhe a sua opinião nos comentários.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Vídeo: passageira diz que motorista de app tem “corzinha complicada”

[embedded content] Um motorista de aplicativo de Salvador, na Bahia, denunciou uma passage…