Censurado pelo desembargador Benedicto Abicair, o filme “A Primeira Tentação de Cristo”, obra do Porta dos Fundos para a Netflix, nem chegou a sair do ar.

Após a Netflix recorrer nesta quinta-feira (9) ao STF (Supremo Tribunal Federal), o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, derrubou a decisão.

O serviço de streaming argumentou junto ao STF que não cabe ao Estado brasileiro impor censura política, ideológica ou artística, muito menos definir novas regras ou restrições à liberdade de expressão.

“Fica evidente o efeito devastador produzido por tais decisões. A decisão tem efeito equivalente ao da bomba utilizada no atentado terrorista à sede do Porta dos Fundos: silencia por meio do medo e da intimidação”, alegou a Netflix.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Bom Dia Campinas! Previsão do Tempo para hoje e falecimentos de 08 e 09/08

Bom dia pessoal! DIA 141 DA QUARENTENA OBRIGATÓRIA DA CIDADE DE CAMPINAS CONTRA O NOVO COR…