Quer receber as principais Notícias de Campinas e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Na quinta-feira, dia 20 de junho, a Igreja Católica celebra a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo – Corpus Christi. Em todas as cidades da Arquidiocese de Campinas haverá Missa, com o tema “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Lc 9,13b).

Locais e horários das Missas:
Campinas: A Celebração Eucarística da Solenidade de Corpus Christi será às 16h00, na Praça José Bonifácio, em frente à Catedral Metropolitana, presidida pelo Mons. José Eduardo Meschiatti, Administrador Diocesano. Após a Missa, sairá Procissão pelas ruas Conceição, Barão de Jaguara, Bernardino de Campos e Av. Francisco Glicério, retornando à Praça da Catedral, onde o Mons. Eduardo dará a Bênção do Santíssimo Sacramento. Haverá ornamentação na Praça da Catedral. Informações pelo telefone 3231.2085, com Elaine. O Mons. Eduardo estará à disposição da imprensa na sala de paramentação às 15h45. A Missa será transmitida ao vivo pela Rádio Brasil de Campinas, AM 1270 kHz.
Elias Fausto: Missa às 16h00, na Matriz São José. Após a Missa, sairá Procissão pelas ruas próximas à Igreja. Às 07h00, iniciando com oração na Matriz, terá início a confecção do tapete. Informações na secretaria paroquial, telefone (19) 3821.1361.
Hortolândia: Será celebrada uma Missa em cada Paróquia.
Indaiatuba: Será celebrada uma Missa em cada Paróquia.
Monte Mor: Será celebrada uma Missa em cada Paróquia.
Paulínia: A Missa de Corpus Christi será celebrada às 09h00, na Matriz Sagrado Coração de Jesus, reunindo as três Paróquias da cidade de Paulínia. No final da Missa haverá Procissão até a Praça Sagrado Coração de Jesus para a Bênção do Santíssimo Sacramento. Informações pelo telefone (19) 3874.2070.
Sumaré: Será celebrada uma Missa em cada Paróquia.
Valinhos: Missa às 09h00, no Centro de Artes, Cultura e Comércio de Valinhos – CACC, ao lado da Rodoviária. Após a Missa, Procissão até a Matriz São Sebastião, com a Bênção do Santíssimo Sacramento. Informações pelo telefone (19) 3871.8882.
Vinhedo: Será celebrada uma Missa, às 08h00, com a participação das quatro Paróquias da cidade de Vinhedo, na Escola Franco Montoro. Após a Missa sairá Procissão até a Praça Aurora Sudário, encerrando com a Bênção do Santíssimo Sacramento. As comunidades ornamentarão a Praça Aurora Sudário, iniciando os trabalhos na noite anterior. Informações pelo telefone (19) 3886.8052.

A Celebração de Corpus Christi recorda a Instituição da Eucaristia, na Quinta-feira Santa, quando Jesus, sabendo que iriam matá-lo, quis comer a Páscoa com seus apóstolos. Durante a ceia, Jesus tomou o Pão e o Vinho, os abençoou e deu aos seus discípulos, selando definitivamente a aliança de Deus com a humanidade através do seu corpo que seria entregue e do seu sangue que seria derramado. É um convite à manifestação da fé e devoção a este Sacramento de piedade, sinal de unidade, vínculo de caridade. Um dia especial para festejar a presença viva de Jesus Ressuscitado na Eucaristia não foi iniciativa da hierarquia da Igreja. Em 1208, na Diocese de Liègé (atualmente a Bélgica), a monja Agostiniana, Juliana de Mont Cornillon, observando a lua cheia, viu uma mancha escura e recebeu a revelação de Cristo de que aquela mancha era a ausência no calendário de uma festa especial em honra da eucaristia. Recebeu, também, o encargo de promover essa festa. Somente em 1240, o Bispo de Liègé, Roberto, promulgou um decreto estabelecendo a festa em sua diocese, para ser celebrada no segundo domingo depois de Pentecostes. Em 1251 o delegado papal Cardeal Hugues de Saint-Cher inaugurou a festa em Liègé. Daí em diante, a festa passou a ser celebrada na quinta-feira depois da oitava de Pentecostes. Em 1264, o Papa Urbano IV estendeu a celebração a toda a Igreja. A festa só encontrou lugar seguro no calendário, tornando-se uma das mais populares, 50 anos depois, quando o Papa Clemente V confirmou o decreto de seu predecessor e João XXII o publicou em 1317. A prática das procissões vem do ano de 1279, em Colônia, imediatamente seguida por outras igrejas. A hóstia consagrada era levada pelas ruas e campos, uma homenagem pública a Cristo presente no sacramento. A Celebração retoma, também, a Campanha da Fraternidade, que teve como tema “Fraternidade e políticas públicas” e como lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27).

Artigos relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

Leia também

Qualidade do ar na Região Metropolitana de SP registra melhora

Os níveis dos poluentes atmosféricos monóxido de carbono (CO) e dióxido de enxofre (SO2) r…