Connect with us
Alerta de Dengue em Campinas - 20 Áreas com Alto Risco de Transmissão Alerta de Dengue em Campinas - 20 Áreas com Alto Risco de Transmissão

Destaque

Alerta de Dengue em Campinas – 20 Áreas com Alto Risco de Transmissão

Artigo

em

A Secretaria de Saúde de Campinas emitiu recentemente um novo boletim sobre a dengue, identificando 20 áreas da cidade com alto risco de transmissão.

A Situação Atual da Dengue em Campinas

De acordo com o relatório, os bairros foram selecionados com base nos casos confirmados ou suspeitos na última semana. O objetivo é conscientizar e mobilizar a população para adotar mais precauções.

PUBLICIDADE

Os bairros com maior risco de transmissão da doença incluem:

1. Centro, Jardim Guanabara, Jardim Novo Flamboyant e Vila Estanislau (Leste)
2. Conjunto Habitacional Edivaldo Antônio Orsi, Jardim Francisca, Parque Santa Bárbara e Real Parque (Norte)
3. Jardim do Lago, Jardim Fernanda e Jardim Irmãos Sigrist (Sul)
4. Jardim Antônio Von Zuben, Jardim Leonor, Jardim Sorirama, Núcleo Residencial Paranapanema e Vila Santana (Suleste)
5. Cidade Satélite Íris (Noroeste)
6. Eldorado dos Carajás, Jardim Adhemar de Barros e Jardim Planalto de Viracopos (Sudoeste)

PUBLICIDADE

O Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) ressaltou que bairros indicados em boletins anteriores, assim como outras regiões de Campinas, devem intensificar as medidas preventivas, especialmente o combate aos criadouros do mosquito vetor da doença.

> ‘Desde 1º de janeiro foram registrados 1.679 infectados e nenhum óbito, enquanto em 2023 houve 11.422 casos e três vidas perdidas. Os dados foram atualizados até o último dia 2 de fevereiro.’

PUBLICIDADE

Prevenção e Combate à Dengue em Campinas

A Prefeitura de Campinas tem realizado mutirões para prevenir e combater a dengue na cidade. O mais recente ocorreu no sábado (3), onde foram visitados imóveis em sete áreas da cidade.

Para aprimorar os resultados, foram adotadas medidas como:

PUBLICIDADE

– Uso de drones para identificar grandes criadouros do Aedes aegypti, como piscinas e caixas d’água em imóveis fechados ou abandonados.
– Se necessário, a ação pode contar com trabalhos de chaveiros.
– A operação está respaldada em decisão judicial de 2020, proferida nos autos do processo n.º 1005810-97.2014.8.26.0114, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas.

> ‘Para acabar com a proliferação do mosquito é preciso evitar qualquer acúmulo de água, principalmente em latas, pneus, pratos de plantas, lajes, calhas e outros objetos. É importante, também, vedar a caixa d’água e manter fechados vasos sanitários inutilizados.’

PUBLICIDADE

O que Fazer em Caso de Sintomas?

Caso o morador apresente febre e mais dois sintomas associados (dor de cabeça, dor no corpo, náusea, vômito, manchas no corpo, dor articular, dor atrás dos olhos), ele deve procurar um centro de saúde de Campinas para receber atendimento e orientações.

Já em casos de tontura, dor de barriga muito forte, vômitos repetidos, suor frio e sangramentos, a busca por auxílio deve ser feita em pronto-socorro ou em UPA.

PUBLICIDADE

Portanto, é essencial que os residentes de Campinas se mantenham vigilantes e tomem todas as precauções necessárias para evitar a propagação da dengue.

Tags: Dengue, Campinas, Saúde, Mosquito, Transmissão

PUBLICIDADE

Compartilhe: Facebook, Twitter

PUBLICIDADE

Sobre o Autor: Este artigo foi redigido por um experiente escritor de blog com um histórico comprovado na criação de postagens que classificam altamente no Google para termos de pesquisa específicos.

Notícias Relacionadas: Unicamp divulga segunda chamada de aprovados no vestibular, Feirão de empregos nesta terça em Campinas terá mais de 450 vagas

PUBLICIDADE

Para informações adicionais, acesse o site

‘Este conteúdo foi gerado automaticamente a partir do conteúdo original. Devido às nuances da tradução automática, podem existir pequenas diferenças’.
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE