Connect with us

Destaque

Salário inicial supera a inflação só em 8 de 140 profissões, diz estudo

Artigo

em

Estudo apontou quais salários superam inflação brasileira (Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil)

Poucas profissões têm conseguido ganhar da inflação de dois dígitos na hora da contratação com carteira de trabalho assinada. Apenas oito de um grupo de 140 ocupações tiveram valorização do salário médio de admissão superior à inflação de 12,5% dos últimos 12 meses até abril, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do IBGE. 

E a maioria dessas oito ocupações valorizadas na contratação por companhias privadas está ligada às demandas impulsionadas pela pandemia.

O destaque do ranking é o médico clínico. Com salário médio de admissão de R$ 10.502,03, esse profissional teve um ganho real (descontada a inflação) de 40,8% em 12 meses até abril, aponta levantamento feito pelo economista-chefe da Confederação Nacional do CNC (Comércio de Bens, Serviços e Turismo), Fabio Bentes, com base nos dados oficiais do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho. 

LEIA TAMBÉM 
DIG de Campinas procura ao menos seis bandidos após roubo no shopping D. Pedro
 
Leilão em Valinhos tem Audi A3 com lance inicial de R$ 8,5 mil 
Campinas registra 32,8% de positividade de testes de covid; veja boletim

Na vice-liderança vem o controlador de entrada e saída da produção da indústria, com alta de 9,8% no salário médio inicial, seguido por:  

– estoquista (7,7%)  

– professor de nível superior na educação infantil (6,1%)  

– programador de sistemas de informação (3,3%)  

– professor de nível médio da educação infantil (2,1%)  

– trabalhador volante na agricultura (2,1%)  

– comprador (0,1%)  

 Esses ganhos se referem apenas ao salário médio de admissão e não significam que os profissionais já empregados tenham tido o mesmo porcentual de reajuste.

O economista escolheu 140 profissões com maior volume de contratações. Juntas, elas responderam no período por 72% da ocupação do mercado de trabalho formal. Na média de todas as ocupações listadas no Caged – mais de 2,6 mil -, a perda real do salário médio de admissão em abril foi de 8,7%, em relação ao mesmo mês de 2021. Isso revela o enfraquecimento dos rendimentos que predomina no mercado de trabalho. “Tivemos a maior parte das profissões gerando vagas, mas, do ponto de vista da remuneração de admissão, pouquíssimas estão conseguindo superar esse sarrafo da inflação na casa de 12%”, afirma.

DEMANDA POR MÉDICOS 

No caso do médico clínico, o economista observa que o contexto da pandemia ampliou a demanda por serviços qualificados de saúde. E, mesmo com o avanço da inflação, esse movimento não arrefeceu. “Quem perde a renda gasta menos com lazer, mas dificilmente abre mão do serviço de saúde.”

Os números são recebidos com ceticismo por dirigentes de entidades médicas. O presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Cesar Fernandes, avalia o aumento nos salários de admissão como recomposição de perdas acumuladas.

O diretor do Sindicato dos Médicos de São Paulo, Augusto Ribeiro, diz ter dúvidas “se esse número reflete, de fato, a realidade dos médicos clínicos, porque só uma pequena parcela deles é celetista (trabalhador com carteira assinada), a grande parte da categoria atua como pessoa jurídica”. Já o presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, Antonio Carlos Lopes, afirma que “o clínico é explorado e não ganha isso por mês de jeito nenhum, a menos que tenha vários empregos”.

Na pandemia, a digitalização acelerou a procura das empresas, que já era intensa, por profissionais de Tecnologia de Informação (TI). Em paralelo, o aumento da inflação fez as companhias ficarem mais atentas aos custos e admitir estoquistas, controladores de entrada e saída e compradores mais qualificados para tentar recompor margens de lucro comprimidas pela inflação.

“A única ocupação com valorização do salário inicial que fugiu dos efeitos da pandemia foi a de trabalhador na agricultura”, ressalva Bentes. Nesse caso, ele vê como explicação o desempenho do agronegócio.

PROFISSÕES QUE VENCEM A INFLAÇÃO

Num mercado com 11,3 milhões de desempregados e muito concorrido, há profissionais que estão conseguindo feitos extraordinários. A professora Sabrina de Moraes, de 36 anos, por exemplo, foi admitida e rapidamente promovida.

Em setembro passado, começou a trabalhar como auxiliar de coordenação no Colégio Adventista em Diadema (SP). Três meses depois, foi transferida para São Bernardo do Campo (SP), como professora da educação infantil.

“Três meses é período de experiência, não é para receber promoção”, diz Sabrina, surpresa com a conquista tão rápida. Com a mudança de função, o salário subiu de R$ 1.800 para R$ 3.100, aumento de 72%.

A professora diz que sentiu nos últimos meses uma movimentação na área de educação. A profissional que ocupava antes a sua vaga, por exemplo, recebeu proposta e foi trabalhar em outra escola.

Sabrina acredita que, após o isolamento social, houve uma valorização do trabalho dos professores da educação infantil. “Mais no sentido da empatia do que em ganhos salariais”, ressalva. Ela considera positiva a valorização real do salário médio inicial (entre 2% e 6% em 12 meses até abril). Porém, ela diz que o ganho não chegou perto do que a categoria merece e precisa. “É um desafio muito grande.”

A médica psiquiátrica Bárbara Sgavioli Massucato, de 34 anos, também se empregou rapidamente. Ela encerrou oficialmente o período de residência médica em 1.º de março deste ano na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP), e seis dias após começou a trabalhar no Hospital de Amor de Barretos (antigo Hospital do Câncer), na cidade onde se graduou em medicina. Por 40 horas semanais, recebe R$ 17 mil brutos, mas como pessoa jurídica.

“É o meu primeiro emprego”, diz ela, que conseguiu essa vaga porque ex-professores da graduação a convidaram a trabalhar no hospital. Mesmo antes de concluir o período de residência, Bárbara observou muitas ofertas de emprego na sua área de psiquiatria infantil. Com a pandemia, os encaminhamentos de pacientes na área de saúde mental aumentaram muito, observa.

EXIGÊNCIAS. O comprador Rivanildo Silva Santos, de 43 anos, também sentiu a maior procura pela sua profissão. Com 17 anos de experiência no varejo e nos últimos cinco anos na função de comprador, ele acaba de ser contratado por uma rede de supermercados. “Vim ganhando 20% a mais do que no último emprego”, conta, sem revelar cifras.

Apesar de ter sentido uma demanda forte por compradores no mercado de trabalho, Santos não esperava essa valorização. Bacharel em Sistemas de Informação, ele atribui esse aumento salarial à função estratégica que o comprador ganhou dentro das empresas de varejo com a acelerada digitalização. “Comprador vai muito além do que simplesmente comprar”.

Responsabilidade O profissional da área de compras de rede de supermercados se tornou ainda mais estratégico

Ele ressalta que as exigências das redes varejistas para admitir alguém para a função estão ainda mais elevadas no contexto de inflação. “Dificilmente um profissional com um nível de conhecimento tão alto vai aceitar um salário que não condiz com essas exigências.” 

LEIA MAIS 
Loja de carros tem curtos-circuitos após incêndio criminoso em Campinas

Destaque

beepsaude divulga oportunidade(s) para Vendedor(a)- Shopping Campinas – biomundo.gupy.iohttps://biomundo.gupy.io/job/eyJ…

Artigo

em

Por

Job description

A nossa missão é encantar com tecnologia e carinho humano, e foi assim que nasceu o famoso “Jeitinho Beep”, que entra nas casas dos clientes feito brisa levando as melhores experiências em serviços de saúde.

Nosso time de estrelas tem a missão de encantar, levando uma experiência incrível no momento do atendimento. Para esse show ficar ainda mais completo, temos alguns diferenciais, como Buzzy, PikLuc, Beep Scan e o Gelinho Beep, e ao final do atendimento o famoso Atestado de Bravura! Afinal, nossos clientes amam e merecem todo o carinho.

Não é à toa que que nosso NPS é imbatível. Que responsa, né?

Se você ama a Enfermagem, e se identifica com o nosso Jeitinho, precisa vestir o nosso jaleco. Vem! 🚀

Main responsibilities

🎯 Sua missão será:

  • Atendimento domiciliar para aplicação de vacinas e coleta de exames laboratoriais;
  • Conferência dos insumos para atendimento domiciliar;
  • Aprazamento de caderneta de vacinação;
  • Realização de punção sanguínea;
  • Conferência do pedido médico com os exames agendados;
  • Conferência de dados do convênio com as informações do agendamento;
  • Realiza trânsito de amostras para a área técnica;
  • Entrega de pedidos médicos e documentos ao faturista.

Requirements and skills

🔎 Para embarcar nesse desafio e se tornar um Beeper, você precisa ter:

  • Curso Técnico em Enfermagem Completo;
  • COREN ativo;
  • Necessária vivência em vacinação e sólida experiência com coleta de materiais biológicos e punção venosa;
  • Experiência com BCG será considerado um diferencial;
  • Ter afinidade com crianças;
  • Ter familiaridade com tecnologia para uso aplicativos internos.
  • Jeitinho Beep, isso significa além de vestir a camisa e abraçar os desafios com energia e empolgação, ser uma pessoa do bem, ter uma vibe positiva e sorriso no rosto. Para ser do time, precisa gostar de trabalhar em equipe, ter brilho nos olhos, ser apaixonado por pessoas e ser aquele parceiro de trabalho que gostaria de ter. 

Additional information

💰 Benefícios para os Beepers:

  • Para sua saúde e de seus dependentes: Plano de Saúde e Odontológico | Sulamérica
  • Benefício Farmácia: Até 40% de desconto em medicamentos;
  • Pacote de alimentação: VR + VA;
  • Pensando na sua saúde física e mental: GymPass / Total Pass /Seguro de Vida;
  • Para os seus pequenos: Auxílio creche
  • Para seu desenvolvimento: Descontos em instituições de ensino parceiras;
  • Vale transporte;
  • Descontos em nossos serviços.

🕒 Jornada:

Plantão 12×36 – 7h às 19h ou Diarista de Segunda à Sábado – 7h às 13h ou 13h às 19h.

Carga Horária:180h

📍 Local: 

Campinas – SP

  

Fique tranquilo (a) ao cadastrar seus dados na vaga. A Beep segue a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados (Lei Federal 13.709/2018), que entrou em vigor parcialmente em agosto de 2020, logo, garantimos responsabilidade ao utilizar seus dados somente em nosso processo seletivo, para fins de cadastro e controle de candidatos.

Muito prazer, nós somos a Beep Saúde! 🚀💚

A Beep é uma startup Carioca. Nossa história começou no Rio de Janeiro, em 2016, e hoje a nossa #OndaVerde já se espalhou por São Paulo, Brasília, Curitiba, Vitória e Recife, com um time de mais de 1.200 Beepers.

Somos a maior empresa de saúde domiciliar do Brasil e, todos os dias, levamos tecnologia e carinho humano para a casa de milhares famílias brasileiras. Trabalhamos com 101% de energia para encantar e simplificar a vida de quem escolhe fazer um Beep! É isso que nos motiva a fazer a diferença diariamente e seguir o nosso propósito de levar as melhores experiências em serviços de saúde para todo o Brasil!

Aqui na Beep, valorizamos e cuidamos de toda a trajetória dos candidatos e colaboradores do início ao fim. Dá uma olha nos prêmios que recebemos!

 

Selo – Empresa que envia Feedback🥇

 

Este ano recebemos o prêmio da Gupy – Empresa que envia Feedback.

O objetivo do prêmio foi reconhecer empresas com no mínimo 90% de feedback para pessoas candidatas. Esse prêmio reforçou que a Beep é uma empresa referência em transparência levando uma experiência incrível aos nossos candidatos.

 

Temos um RH que inspira! 🏆

 

Em 2021, recebemos o Prêmio – RH que inspira. Fomos eleitos na categoria: Atrair, através das nossas ações que são focadas nas experiências dos candidatos, despertando interesse e brilhando os olhos de futuros Beepers.

Vamos juntos revolucionar o setor de saúde do país, será uma jornada incrível e transformadora! #Foguetenãotemré

 

Quer conhecer mais sobre a Beep? Acompanhe nossas redes sociais! 😎

Apply!

A seleção de candidatos está sendo realizada através do site “GUPY”. Os interessados devem acessar o site e se cadastrar neste link.

Veja mais vagas de emprego de Campinas e região no Notícias de Campinas

Continue lendo

Destaque

Vagas para pintor de obras, líder de vendas e técnico mecânico, entre outras

Artigo

em

Por

Nesta terça-feira (16) o SINE de Cachoeiro de Itapemirim oferece várias vagas de emprego. Confira no link abaixo.

 

Dentre as 119 oportunidades ofertadas estão para técnico em segurança do trabalho e representante comercial autônomo. Além de secretária paroquial e faxineiro, ambas para pessoa com deficiência.  

 

As exigências de escolaridade vão de ensino fundamental ao superior. Sendo que dependendo da função, não é exigido essa comprovação. 

 

As pessoas interessadas devem ir até a Rua Costa Pereira, 100, Sumaré em Cachoeiro de Itapemirim, aonde está localizada a agência de empregos. No local será feito um cadastro e o encaminhamento para as vagas. Deve-se levar o currículo.

 

Continue lendo

Destaque

Tem vaga! PAT de Caraguá disponibiliza 204 oportunidades de emprego

Artigo

em

Por

Nesta terça-feira (16), o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Caraguatatuba está com 204 oportunidades de emprego. Dentre as vagas, 30 para motoboy, 26 para corretor de imóveis, 15 para motorista de ônibus e 10 para auxiliar de limpeza.

Entre no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre ligado nas notícias mais importantes da RMVale, do Brasil e do mundo – Clique aqui e esteja sempre bem informado!

No momento, o PAT de Caraguá só aceita currículos presencialmente. Os interessados comparecer ao PAT (R. Taubaté, 520, bairro Sumaré) das 8h às 14h. 

É importante levar o RG, CPF, CTPS, PIS e o currículo. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (12) 3882-5211.

*PcD = vaga exclusiva para pessoas com deficiência

Confira as oportunidades:

– Acabador de mármores e granito (4);

– Açougueiro;

– Ajudante de carga e descarga;

– Ajudante de motorista (5);

– Ajudante de vidraceiro;

– Atendente de caixa;

– Atendente de fast food (3);

– Atendente de loja (2);

– Auxiliar de vendas;

– Auxiliar de cozinha (6);

– Auxiliar de limpeza (10);

– Auxiliar de manutenção predial (3);

– Auxiliar de RH;

– Auxiliar financeiro;

– Auxiliar operacional de logística;

– Balconista em Paraibuna (2);

– Carregador;

– Chapeiro temporário;

– Chapeiro em Paraibuna (2);

– Conferente (2);

– Controlador de acesso noturno;

– Coordenador Jr;

– Corretor de imóveis (26);

– Cozinheiro (3);

– Eletricista de autos;

– Eletricista de linha pesada (3);

– Eletricista de manutenção (2);

– Empregada doméstica (3);

– Estoquista;

– Estoquista de câmara fria (2);

– Faxineira;

– Funileiro;

– Garçom;

– Instalador de alarmes;

– Instrutor de aulas e desenvolvimento G2D e G3D (3);

– Jardineiro em São Sebastião;

– Lavador de autos;

– Lavador de veículos;

– Marceneiro (6);

– Mecânico automotivo;

– Mecânico de motores a diesel;

– Mestre de obras;

– Montador de veículos;

– Motoboy (30);

– Motorista de caminhão de entrega de materiais de construção;

– Motorista de caminhão guincho;

– Motorista de ônibus (15);

– Motorista entregador (7);

– Operador de cobrança;

– Operador de loja (2);

– Operador de vendas;

– Polidor de automóveis;

– Recepcionista de hotel (4);

– Representante comercial (2);

– Servente de obras (2);

– Supervisor de vendas;

– Técnico mecânico de refrigeração;

– Vendedor com CNH A;

– Vendedor externo (15);

– Vendedor porta a porta;

– Vendedor comercial (2);

– Vendedora com experiência.

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS