Dez integrantes de uma equipe de natação paralímpica de Indaiatuba continuam no Equador com dificuldades para retornar ao Brasil devido à pandemia do novo coronavírus.

Com a intenção de melhorar o condicionamento físico visando uma seletiva para os Jogos de Tóquio 2020 – competição já adiada-  o grupo foi até Cuenca no Equador, cidade com uma altitude de 2 mil e 500 metros.

Com a seletiva adiada e aeroportos fechados, a equipe brasileira ficou retida em um hotel de Quito e conta agora com a ajuda de órgãos do governo para retornar ao Brasil.

A expectativa é que um avião da Força Aérea Brasileira consiga resgatá-los ainda nesta semana.

O CBN Esportes conversou com o técnico da equipe brasileira, Antônio Cândido, que explicou como estão sendo os dias longe de casa.

Ouça no player abaixo.

https://portalcbncampinas.com.br/wp-content/uploads/2020/03/portalcbncampinas.com.br-covid-19-impede-volta-de-atletas-paralimpicos-a-indaiatuba-materia-natacao-cbnesportesquarta.mp3

Foto: Divulgação

Fonte: CBN Campinas

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

EMS divulga oportunidade(s) para Supervisor Garantia Qualidade – v2058166

Requisitos: Formação completa em Farmácia / Preferencialmente com Pós Graduação Experiênci…