Connect with us

Notícias

A Primeira Orquestra Parassinfônica do Mundo Brilha em Campinas

Artigo

em

A música clássica é uma arte universalmente apreciada, capaz de transcender barreiras culturais, emocionais e físicas. Em um passo ousado e inovador para a inclusão social através da música, a Orquestra Parassinfônica do Estado de São Paulo (OPESP), a primeira do mundo em seu tipo, está ganhando destaque na cena musical brasileira.

Uma Orquestra Inclusiva

A OPESP é uma orquestra inovadora, composta por 45 talentosos músicos, 11 dos quais têm várias formas de deficiência. Essa iniciativa única foi trazida à vida pelo visionário produtor Igor Cayres em 2022. A OPESP busca não apenas criar uma música deslumbrante, mas também dar protagonismo a pessoas com deficiência, um grupo frequentemente marginalizado na sociedade.

PUBLICIDADE

> ‘Estou muito entusiasmado com a apresentação que estamos levando a Campinas. Nossa jornada em direção à inclusão social por meio da música clássica tem sido incrível, e cada concerto é uma oportunidade de compartilhar essa paixão e dedicação’, disse Cayres.

Um Concerto de Música Clássica Inesquecível

A OPESP fez sua estreia em Campinas no Teatro Castro Mendes, sob a regência do renomado maestro Marcos Arakaki. O público teve a oportunidade de experimentar uma noite de música clássica inesquecível, com um repertório variado que incluía obras de compositores clássicos e modernos.

PUBLICIDADE

Natalia Cesar

Talentos Destacados

Vários solos destacaram-se durante o concerto. A soprano Caroline Brito, que é cadeirante, emocionou a plateia com suas interpretações de ‘O mio babbino caro’, de Giacomo Puccini, e ‘Lascia ch’io pianga’, de Georg Friedrich Haendel. Camila Moraes na trompa e Carlos Ribeiro no violino também brilharam em seus solos.

PUBLICIDADE

Desafios e Superação

Para muitos dos músicos da OPESP, esta foi a primeira vez que tiveram a experiência da rotina de uma orquestra sinfônica. Encontrar escolas de música dispostas a ensinar pessoas com deficiência pode ser um desafio, mas a OPESP proporcionou a esses músicos a oportunidade de serem protagonistas e de trabalharem com um corpo técnico de alto nível.

> ‘Nossa proposta é contribuir, por meio da música, para uma sociedade livre de estigmas e preconceitos sobre as pessoas com deficiência’, comenta Cayres.

PUBLICIDADE

A Turnê Continua

Após a apresentação em Campinas, a OPESP continuará sua turnê, com apresentações em Botucatu, Santos, São Paulo e Rio de Janeiro. O projeto é patrocinado por várias empresas e apoiado por instituições públicas e privadas.

Programe-se Para a Próxima Apresentação

O próximo concerto da OPESP será realizado no Teatro Municipal Castro Mendes. A entrada será mediante a doação de 1 kg de alimento não-perecível, que será encaminhado para a Fundação Padre Haroldo. Não perca a oportunidade de experimentar essa jornada incrível de superação e arte.

PUBLICIDADE

“`markdown
Concerto da OPESP
Quando: quinta-feira, 24/8, às 20h
Onde: Teatro Municipal Castro Mendes – R. Conselheiro Gomide, 62, Vila Industrial
Entrada mediante doação de 1 kg de alimento não-perecível
Informações: Tel.: 3272-9359
“`

A OPESP está fazendo história, não apenas na cena musical brasileira, mas também na busca pela inclusão social e igualdade de oportunidades para pessoas com deficiência. É uma jornada incrível de superação e arte, e mal podemos esperar para ver o que o futuro reserva para esta orquestra única.

PUBLICIDADE

Para informações adicionais, acesse o site

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE