Um dia após criminosos armados assaltarem a UBS Capivari, a prefeitura de Campinas (SP) reduziu em duas horas o atendimento do centro de saúde. De acordo com a Secretaria de Saúde, a unidade funcionará das 7h às 17h, e não até às 19h, por tempo indeterminado. A medida foi adotada para que funcionários terminem o expediente “durante o dia”.

O atendimento na UBS foi parcialmente suspenso nesta quarta (24), mantendo apenas o funcionamento de serviços de urgência e emergência. Segundo a administração municipal, todos os atendimentos serão retomados nesta quinta-feira (25).

Os funcionários da UBS do Jardim Capivari foram rendidos na última terça (23) e tiveram pertences levados por um trio armado. Ninguém ficou ferido durante a ação e os suspeitos seguem foragidos.

A Secretaria de Saúde de Campinas informou que o estabelecimento conta ainda com vigilante durante o horário de funcionamento, mas afirmou ao G1 que pretende tomar medidas para ampliar a segurança do local.

Entre as providências anunciadas, estão melhorias na iluminação do entorno da unidade e a intensificação das rondas da Guarda Municipal, principalmente nos horários de abertura e fechamento da unidade.

A prefeitura afirmou também que a UBS está sendo reformada e ampliada, e que a Secretaria de Saúde se solidariza com a equipe e “está tomando todas as medidas necessárias para reforçar a segurança no local”.

Artigos relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Região de São José dos Campos tem queda recorde em roubos de veículo

Números são referentes a abril, mês em que também houve redução nos casos e vítimas de lat…