Três garotos foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros, em Campinas (SP), após serem encontrados na encosta de um córrego na região do Jardim Garcia na tarde desta terça-feira (12). Segundo o 2º sargento Renato Marques Soutello, os meninos de 9, 12 e 13 anos “pensavam que iam morrer” arrastados pela água e a ação mobilizou pelo menos 12 profissionais durante quase meia hora.

“Foi uma ocorrência arriscada. Pela dificuldade, um deles poderia ter sido levado antes de ser retirado com segurança”, falou. Segundo ele, os jovens apresentavam sinais de hipotermia, escoriações e foram atendidos inicialmente pelo Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências no local, antes de serem levados para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Padre Anchieta.

A corporação foi acionada por telefone, mas Soutello não soube informar quem foi o autor do comunicado sobre o caso. Além disso, explica, as crianças alegaram inicialmente que chegaram ao local após suposta queda de uma ponte. As identidades delas também não foram confirmadas e o helicóptero da Polícia Militar também chegou a ser acionado durante ocorrência.

clique na imagem e saiba mais

“A nossa preocupação era somente retirá-los, estavam na iminência de serem arrastados, era acessar de maneira segura e rápida para fazer o salvamento”, falou ao mencionar que aplicou técnica de rapel para descer quase dez metros até o ponto de resgate, segundo estimativa dele. Para retirar os garotos, os bombeiros usaram uma cadeira de salvamento para retirar o mais velho, e cordas para outros dois. Nosso sentimento é de missão cumprida […] Depois disso, quando a adrenalina abaixou, eles se emocionaram bastante, choraram”.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Campinas tem alta em internados e mesmo com novas UTIs Covid, nº de leitos livres cai para seis no SUS

1 de 1 Hospital Mário Gatti, em Campinas — Foto: Reprodução/EPTV Hospital Mário Gatti, em …