Connect with us

Destaque

Campinas faz busca ativa para incluir 3 mil famílias em programa de alimentação; orçamento deixa de fora 10 mil que são …

Published

on

Cartão Nutrir ainda pode ser distribuído para 3 mil famílias — Foto: Wesley Justino/EPTV

Com 22.733 famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas no Programa NutrirCampinas, a Prefeitura de Campinas (SP) realiza uma busca ativa para incluir mais 3.267 até atingir o teto previsto em orçamento, que é de 26 mil famílias. São famílias enquadradas nos critérios de elegibilidade, mas que ainda não recebem o benefício porque não se inscreveram. No entanto, um levantamento aponta que a cidade ainda tem aproximadamente 13 mil famílias aptas ao programa.

Ou seja, mesmo com a inclusão até o teto orçamentário, a cidade ainda deixaria cerca de 10 mil famílias elegíveis, ao menos pelo critério de renda, de fora da ação.

O NutrirCampinas entrega às famílias o Cartão Nutrir, que é abastecido mensalmente com R$ 98,50, que equivalem a 26 UFICs (Unidade Fiscal de Campinas).

As famílias devem ter renda mensal per capita de até R$ 106. Outro critério é que o grupo familiar tenha criança/adolescente com até 15 anos de idade, idosos ou pessoa com deficiência.

Cartão Nutrir de Campinas — Foto: Prefeitura de Campinas

Ao g1, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos afirmou que a busca ativa ocorre por meio do envio de mensagem de textos a celulares cadastros pelas famílias. Os moradores também podem procurar atendimento pelos números 3746-2478 e 3746-2479.

A pasta acrescenta que lida com o desafio duplo de atender tanto a necessidade “básica e urgente” da população socialmente vulnerável, quanto de auxiliá-la a se emancipar, “garantindo a necessária autonomia desses cidadãos”.

“Ambos desafios se complementam para mantermos uma sociedade socialmente sustentável”, aponta a pasta.

Expansão do programa incluído no PPA

O Cartão Nutrir foi expandido, em abril de 2020, de 6,5 mil famílias para 26 mil. Isso foi possível graças ao orçamento direcionado para o combate aos efeitos da pandemia em meio ao estado de calamidade pública decretado após a chegada da Covid-19.

A previsão é que, quando o estado de calamidade for encerrado, o orçamento volte a ser remanejado. Por isso, a secretaria incluiu no Plano Plurianual (PPA), instrumento que prevê os investimentos governamentais para os próximos quatro anos, que o Cartão Nutrir atinja, gradativamente dentro deste período, o total de 26 mil famílias de forma regular.

“Temos, seja por meio de parcerias, seja pelos próprios meios, atividades de formação voltadas a todas as faixas etárias, de crianças a idosos, e a todos os gêneros”, completa a pasta.

13 mil famílias elegíveis

Segundo a prefeitura, as outras 13 mil famílias que atendem os critérios para receber o cartão estão cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico), do governo federal. O número foi extraído do CadÚnico em 21 de setembro deste ano.

A prefeitura destaca que as famílias do Cadastro Único têm direito a outros programas e benefícios, como o Bolsa Família, que soma 41.748 inscritos.

Outros programas que assistem às famílias em vulnerabilidade são o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o Casa Verde Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida), a tarifa social de energia elétrica, a tarifa social de água.

Há, ainda, o Bolsa do Povo, programa do governo estadual que inclui a Renda Cidadã e o auxílio moradia.

VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região

Destaque

Chuva e ventos fortes derrubam árvores e parede de casa em Campinas

Published

on

Imóvel foi destelhado e teve parede derrubada pela chuva em Campinas — Foto: Giuliano Tamura/EPTV

Uma chuva com ventos fortes na noite deste sábado derrubou árvores e provocou a queda da parede de uma casa, em Campinas (SP), na madrugada deste domingo (24).

De acordo com a prefeitura, a Defesa Civil registrou três quedas de árvores, nos bairros Guanabara, São Cristóvão e Chapadão. Houve ainda a queda de galhos no Vila Nova.

O estrago na parede da residência aconteceu no Jardim Aeronave de Viracopos. O imóvel está em construção e também foi destelhado.

Segundo a Defesa Civil, os ventos em Campinas chegaram a 26,9 km/h e a região que mais registrou volume de chuva foi a Noroeste, onde fica o distrito do Campo Grande, com 28,3 milímetros.

Ventos fortes provocaram queda de árvores no Jardim Chapadão, em Campinas — Foto: Divulgação/Defesa Civil

VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região

Continue Reading

Destaque

DHL tem novas vagas agente de carga em Campinas

Published

on


A multinacional de logística DHL Express está contratando para a função de Agente de Carga na cidade de Campinas.

Requisitos: ensino médio completo, conhecimentos em Excel, CNH ativa na categoria A e disponibilidade de horário.

Interessados devem encaminhar o currículo por meio da página de recrutamento da companhia neste link até o fim de outubro.

Além da remuneração mensal, a companhia oferece vale-transporte e vale-refeição. Clique aqui para mais vagas em Campinas.


ALERTAS DE VAGAS

Receba alertas de empregos e oportunidades de Campinas e região, de forma gratuita, via Telegram ou WhatsApp, seguindo os links abaixo.

Canal no Telegram

Grupo no WhatsApp

Conteúdo produzido e distribuído de forma gratuita pelo blog com informações fornecidas por empresas e agências da região.

Compartilhe!
Continue Reading

Destaque

SESI-SP vira para cima do Campinas e estreia com vitória fora de casa na Superliga

Published

on

Em reedição da semifinal do Paulista, o Vôlei Renata/Campinas recebeu o SESI-SP e não garantiu os três pontos na estreia da Superliga masculina 21/22. O atual campeão estadual teve dois match points no quarto set, mas viu o SESI reagir e levar o jogo ao tie-break. Mesmo com a derrota por 3 sets a 2 (25×23, 22×25, 25×23, 25×27 e 12×15), os donos da casa saíram de quadra com um ponto. O duelo foi realizado na noite deste sábado, no Ginásio do Taquaral, em Campinas, e contou com a presença parcial dos torcedores.

+ Sada Cruzeiro estreia com vitória na Superliga

  • Escalação Campinas: Cristiano, Lucão, Temponi, Adriano, Barreto, Evandro e Alê. Reservas: Félix, Anderson, Canuto, Sérgio, Lima, Judson e Carlos Arthur. Técnico: Marcos Pacheco.
  • Escalação SESI: Brasília, Vinícius, Guiga, Murilo, Éder, Darlan e Pureza. Reservas: Mateus, Nathan, Marcos, Thiery e Robert. Técnico: Anderson Rodrigues.

O JOGO

Apesar da ausência do levantador titular Gonzalez, o Campinas conseguiu manter o alto nível com o jovem Cristiano, que está há duas temporadas no clube, e começou o primeiro set bloqueando muito com o central Barreto. Do outro lado, o SESI-SP conseguiu quebrar a linha de passe adversária e assegurou o equilíbrio até a reta final, quando os campineiros abriram vantagem e fecharam em 25×23.

Na segunda parcial, a equipe comandada pelo técnico Marcos Pacheco passou a cometer erros bobos, principalmente no fundamento de saque. Os jogadores do SESI aproveitaram o momento ruim dos rivais e assumiram o controle do set. Ao conquistar uma diferença de três pontos, o elenco do ponteiro Murilo obrigou que Pacheco parasse a partida. Mesmo com a recuperação durante o saque do Lucão, Darlan garantiu o empate.

O terceiro set foi uma verdadeira incógnita, uma vez que ambos os clubes tiveram vantagem e passaram por períodos melhores. No momento decisivo, Guiga foi fundamental no fundo de quadra e permitiu o 19×16 ao SESI-SP, mas Darlan parou no bloqueio duas vezes consecutivas e Matheus Brasília ficou sem opção. Desta maneira, o Campinas aumentou sua confiança, anotou cinco pontos seguidos, virou para 21×19 e fez 2×1.

Superliga masculina SESI-SP Campinas estreia
Foto: Pedro Teixeira/Vôlei Renata

Os campineiros voltaram à quadra muito confiantes e não deram brechas ao SESI no início, que chegou a ficar cinco pontos em desvantagem (15×25). O treinador Anderson parou a partida e ajustou o elenco, o qual se recuperou e teve a chance de empatar no 22×22 com um contra-ataque. No 24×23 a favor do Vôlei Renata/Campinas, o bloqueio do SESI-SP funcionou e prolongou o jogo. O oposto Darlan garantiu a virada e a confirmação do quarto set com dois aces.

Parecia que o tie-break era do Campinas, já que os donos da casa iniciaram o tie-break muito bem e pareciam estáveis. Entretanto, Guiga e os companheiros não abaixaram a cabeça e foram em busca de mais uma virada. Darlan foi ao saque quando tudo estava igual no 11×11, porém, o atleta fez a diferença mais uma vez e deixou o SESI perto do triunfo. Na hora de definir, o levantador subiu bola para o bicampeão mundial Murilo, que anotou o 15º ponto da equipe no set decisivo.

SIGA O ESPORTE NEWS MUNDO NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK. E NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

PRÓXIMA RODADA

No sábado (30), o Campinas tem pela frente o Sada/Cruzeiro, em jogo válido pela segunda rodada da Superliga masculina 21/22. A partida, prevista para as 19h, será realizada em Contagem, em Minas Gerais, e terá transmissão do SporTV. O SESI-SP receberá, no domingo (31), a equipe de Montes Claros/América Vôlei.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement

TAGS

+ VISTOS