Mais 10 casos de sarampo foram confirmados desde o fim de setembro e Campinas agora soma 78 registros da doença. Do total de infectados, a maioria é criança: 23 abaixo de um ano, 20 entre 1 e 4 anos, cinco de 5 a 9 anos e uma entre 10 e 14 anos.

Há ainda quatro pacientes entre 15 e 19, 17 adultos entre 20 e 34 anos, sete entre 35 e 49 e ainda um caso entre 50 e 64 anos. Não houve óbitos no município e a médica infectologista do Departamento de Vigilância em Saúde, Valéria Almeida faz um balanço.

Segundo ela, o perfil dos doentes é mesmo de crianças, que sofrem por serem mais suscetíveis devido à falta de imunização. Com o aumento no número de confirmações, um novo reforço na vacinação contra o sarampo foi definido até o final do mês.

A estratégia será voltada para crianças de seis meses de vida a menores 5 anos de idade que ainda não tomaram as doses indicadas. A medida começa neste dia 7 e segue até 25 de outubro em todos os centros de saúde do município. O Dia D será no sábado, 19. A médica infectologista do Devisa, Valéria Almeida, explica que o planejamento envolve a mobilização nacional contra a doença. Uma segunda fase de intensificação da vacinação para adultos de 20 a 29 anos também é planejada, entre 18 e 30 de novembro.

Fonte: CBN Campinas

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Governo do Estado anuncia medidas de combate ao novo coronavírus

Coletiva de imprensa desta terça-feira (7) será realizada a partir de 12h30, no Palácio do…