O prédio da Prefeitur de Campinas — Foto: Carlos Bassan/PMC

Campinas (SP) confirmou na manhã desta terça-feira (19) mais seis mortes por coronavírus, o que eleva o total para 1.566. Uma das vítimas é um paciente de 110 anos que, com isso, se torna a vítima mais velha na metrópole desde o início da pandemia. Veja abaixo detalhes.

Além disso, o boletim contabiliza mais 577 moradores infectados, em relação ao boletim anterior, e com isso a cidade soma 56.572 casos confirmados ao longo da crise sanitária.

Os novos casos e mortes contabilizados pelo governo municipal não significam, necessariamente, que ocorreram todos no dia da divulgação, mas sim registrados no sistema nesta data.

Veja, abaixo, os números atualizados pela administração municipal nesta segunda-feira e o comparativo com o boletim epidemiológico divulgado anteriormente, na segunda-feira (18).

  • Confirmados: 56.572 (577 a mais)
  • Em investigação: 652 (43 a mais)
  • Descartados: 143.555 (1.849 a mais)
  • Óbitos em investigação: 11 (1 a mais)
  • Pessoas recuperadas: 54.362 (604 a mais)
  • Pessoas internadas com Covid-19: 243 (11 a mais)
  • Pessoas em isolamento domiciliar: 171 (53 a mais)
  • Óbitos: 1.566 (6 a mais)
  • Idade, sexo, comorbidades: veja o perfil das vítimas em Campinas

Acompanhe no gráfico abaixo o total de casos positivos desde 13 de março de 2020, quando Campinas registrou o primeiro morador infectado, e o acumulado diário com dados da administração.

Coronavírus em Campinas – Casos
Gráfico interativo: amplie e clique na linha para visualizar números completos e as datas.
Fonte: Prefeitura de Campinas e Estado (dia 02/05)*

As novas mortes são de uma mulher, sem comorbidade, e de cinco homens que tinham doenças preexistentes. As vítimas têm entre 35 e 110 anos. Veja detalhes abaixo:

  • 02/01: Homem, 110 anos, com comorbidades. Estava em hospital público.
  • 14/01: Homem, 87 anos, com comorbidades. Estava em hospital particular.
  • 14/01: Mulher, 71 anos, sem comorbidade. Estava em hospital público.
  • 16/01: Homem, 52 anos, com comorbidades. Estava em hospital público.
  • 17/01: Homem, 35 anos, com comorbidades. Estava em hospital particular.
  • 17/01: Homem, 86 anos, com comorbidades. Estava em hospital público.

Antes deste boletim, a vítima mais velha era uma mulher de 104 anos, que morreu em 9 de julho.

Confira a curva do número de mortes acumuladas por dia do registro do óbito desde o início da pandemia no gráfico abaixo.

Coronavírus em Campinas – Mortes
Gráfico interativo: amplie e clique na linha para visualizar números completos e as datas.
Fonte: Prefeitura de Campinas e Estado (dia 02/05)*

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Eletricista – v2169999

Descrição Descrição: Residir em Paulínia ou região; LEIA TAMBÉM Curso de Eletricista Compl…