Em razão da pandemia da COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus) e do período de quarentena, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) instalou, nesta terça-feira (31), por videoconferência, a Câmara Ambiental de Mudanças Climáticas, reunindo 18 representantes de vários setores da economia paulista.

O encontro possibilitou o estreitamento de relações entre o Estado e as empresas participantes. Desse modo, o Governo de São Paulo passará a receber dados relativos aos balanços de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEEs) e a oferecer apoio técnico às companhias.

Para Patrícia Iglecias, diretora-presidente da Cetesb, a implantação da Câmara Ambiental permite fortalecer tecnicamente uma das mais expressivas iniciativas voluntárias de integração público-privada, com foco na agenda das mudanças climáticas no Estado.

“Hoje, estamos instalando a Câmara de Mudanças Climáticas e, ontem, assinamos duas importantes decisões de diretoria sobre licenciamentos, fiscalizações e autuações. Com isso, estamos demonstrando que, como órgão essencial, continuamos trabalhando para o desenvolvimento equilibrado e sustentável do Estado”, salienta.

Sustentabilidade

Evandro Gussi, presidente da União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica) e presidente empossado da Câmara Ambiental de Mudanças Climáticas, destacou que, mesmo neste momento singular, é preciso pensar no mundo pós-crise e garantir que ele seja mais sustentável do que antes.

“A criação da Câmara é um sinal de que venceremos a atual crise e teremos uma vida ambientalmente correta pós-pandemia”, afirma. Para José Pedro Fittipaldi, da InvestSP, a entidade está alinhada à missão do Acordo Ambiental de São Paulo e à estratégia baseada na cooperação com o setor privado. “Estamos empenhados no suporte à formação da rede e em explorar sinergias nas áreas de investimentos, pesquisa e desenvolvimento e inovação”, ressalta.

Eduardo Marson, da GFB, enfatizou a importância da preservação como forma de compensar emissões, assunto que será discutido no âmbito da Câmara de Mudanças Climáticas. Como secretária-executiva da Câmara, foi empossada a assessora da presidência da Cetesb, Josilene Ferrer destacou a importância da participação de empresas líderes e o caráter pioneiro da iniciativa.

“Na atual gestão, esta Câmara vem fortalecer o programa ‘Cetesb de Portas Abertas’, ampliando as bases técnicas da agenda de Mudanças Climáticas incrementada na Companhia”, diz.

Inovação

Cristiane Lima Cortez, da Fecomercio, afirmou que, no meio da pandemia, participar da instalação da Câmara de Mudanças Climáticas foi uma ação inovadora. “Temos a certeza de que precisamos continuar planejando a vida das empresas pós-crise e certamente esse aprendizado refletirá nas medidas de redução de gases de efeito estufa”, observa.

No fim, Patrícia Iglecias avalia que a implantação da Câmara é um trabalho com olhos no futuro. “Consolidamos hoje uma ação importante com vistas para a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, que deve ocorrer no fim do ano”, afirma.

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), por meio do Comitê de Integração de Políticas Globais, acompanha as iniciativas nas agendas de mudanças climáticas e biodiversidade dentro da pasta e, no momento oportuno, a Câmara Ambiental de Mudanças Climáticas apresentará o andamento das iniciativas sob a sua responsabilidade para o referido Comitê.

O encontro online teve a participação de representantes da Unica, da Fecomercio, da Abividro, da Agroicone, do Aeroporto de Viracopos, da Amyris, da BlockC, do Carrefour, da Cart Invepar, da Chemours, da CPFL, da Guarany Indústria e Comércio, da Ecosuporte, da Empresa Maringá Ferro-Liga S.A., da Gfbond, da GreenYellow, da Kaan Architecten, da Logum, da Stocche Forbes Advogados, da Reserva Votorantim e da Toyota.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Fundo Social de São Paulo lança Campanha Inverno Solidário 2020

Devido à pandemia do coronavírus, somente cobertores novos serão arrecadados para atender …