Cada vez mais comuns, os deliverys de comida e de outros itens registraram um aumento enorme no número de reclamações em sites especializados em Campinas. O número de queixas em 2019 aumentou 515% em relação ao ano anterior no site Reclame Aqui.

Atualmente o maior número de reclamações no Reclame Aqui vem de lojas online, seguido de empresas de telefonia. Os deliverys já estão na terceira colocação, seguidos por bancos e TVs por assinatura.

Muitas reclamações são por falta da entrega, pois o entregador alega que não achou o endereço. Já houve caso do material ficar uma semana com o entregador e só depois ele entregar ao cliente, que ficou desassistido durante todo esse tempo.

Os principais motivos de reclamações dos deliverys são os seguintes:

Atraso e não recebimento -11.082
Cancelamento – 4.858
Dificuldade de contato – 4.729
Cobrança indevida- 3.201
Produto quebrado ou com defeito – 2.353
Estorno – 2.317
Propaganda enganosa – 1.104
Telemarketing – 1.046
Bloqueio – 951
Voucher/desconto- 776

O Procon de Campinas deu algumas dicas para evitar dores de cabeça com os serviços de entrega: printar o passo a passo da compra, incluindo o prazo de entrega, conferir o produto assim que for entregue e se a embalagem estava lacrada, e ver a repercussão da empresa no aplicativo. Também deve se verificar se a empresa tem CNPJ e endereço físico, além de telefone de contato para possível reclamação.

A forma de ressarcimento do valor, quem escolhe é o cliente: dinheiro ou no cartão ou até crédito no site. Lembrando sempre que as reclamações sobre deliverys também podem ser feitas no Procon, já que o serviço é coberto pelo Código de Defesa do Consumidor.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Em julho, Museu da Imigração promove lives, podcast e exposição virtual

Programação digital contará, ainda, com novas séries no Blog do CPPR e oficina cultural O …