A prefeitura de Campinas, no alto da sua arrogância e das mentiras que diz para a população, insiste em dizer que as obras do BRT não estão atrasadas e que serão entregues ainda neste ano. O ODC apenas lembra para os eleitos pela população que obra pronta é a obra completa, e não pequenos trechos como está sendo feito agora. Dizer que inaugurou o BRT com vários trechos incompletos é insultar a população, que pagou por essa obra.

O ODC fez um grande levantamento de toda a obra, analisando documentos oficiais da própria prefeitura, material de arquivo da imprensa e os dados do próprio ODC ao longo do tempo. De todos os trechos em obras e pelos prazos dados, apenas uma pequena parte foi entregue, e mesmo assim fora do prazo. Todo o restante está em atraso.

Considerando o quadro oficial do cronograma do trecho, seriam 21 meses de obras. Se foi iniciado em novembro de 2017, em agosto de 2019 deveria estar tudo pronto, o que ainda não aconteceu nem no trecho inicial.

Ao longo desta semana vamos mostrar detalhadamente todos os trechos que já tiveram algum tipo de obra e os prazos dados. Curiosamente a partir de 2019 a Emdec deixou de dar prazo para as obras que iniciaram naquele ano. Entre 2017 e 2018 todas estão com prazo dados, e nenhuma foi concluída de forma efetiva.

A primeira obra teve prazo dado de 12 meses, que é justamente a do Perimetral e primeiro trecho do Corredor Campo Grande, é a mais atrasada. Já comentamos sobre esse trecho, mas como o prefeito Jonas Donizette está espalhando nas redes sociais que a imprensa está dizendo “inverdades” sobre as obras, o ODC está fazendo o detalhamento de tudo.

A obra sobre o leito desativado do VLT começou em 19/10/2017 e o prazo total de execução da obra era de 12 meses. Hoje estamos em 27/01/2020 e a obra ainda não foi concluída. Mesmo que as estações fiquem para o final, conforme o secretário Carlos José Barreiro disse, há muito o que fazer.

O próprio site da Emdec diz que a obra iria durar 12 meses, mas até agora não está pronta.

O trecho do BRT deveria ter a obra em andamento com muita rapidez, já que não há trânsito, o trecho está desativado e é simples de ser feito. Em 12 meses era suficiente ou seja, em 19/10/2018 era para estar pronto, mas hoje, 15 meses depois da data em que deveria ser entregue, ainda não ficou pronto.

Ao longo da semana vamos mostrar os outros trechos que estão atrasados e mostrar com provas e documentos que a prefeitura mente ao dizer que a obra está em dia.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Nova Odessa registra mais uma morte por coronavírus

Um morador do Jardim Bela Vista, de 69 anos, é a terceira vítima do novo coronavírus em No…