Todas as cidades do Estado de São Paulo terão, pela primeira vez desde o início da pandemia de Covid-19, uma restrição de circulação mais rigorosa. De acordo com anúncio feito no início da tarde desta quarta-feira (24) pelo governador João Doria, a circulação das pessoas será limitada entre as 23h e as 5h. A medida passa a valer já nesta sexta-feira (26).

O governador disse que não se trata exatamente de um “toque de recolher”, uma vez que o transporte público, por exemplo, permanecerá em operação. Ele classificou a medida como “toque de restrição”.

O objetivo é evitar principalmente aglomerações em bares, restaurantes e eventos clandestinos, mas as aglomerações permanecem proibidas em qualquer horário, assim como a aplicação da multa no caso do descumprimento do Plano São Paulo.

A fiscalização das medidas de restrição de circulação será feita pelas Vigilâncias Sanitárias municipais e do Estado, pela Polícia Militar e pela Fundação Procon do Estado de São Paulo.

Segundo o Centro de Contingência do Coronavírus, o Estado tem registrado aumento do número de internações por Covid-19 nas últimas semanas. O coordenador do Centro de Contingências, Paulo Menezes,  afirma que, só nos últimos dez dias, mais 660 pessoas foram internadas em leitos de UTI no Estado e o temor é de que as vagas se esgotem em três semanas se esse ritmo se mantiver igual.

Doria disse que as medidas são fundamentais diante do aumento de casos, embora o impacto para a economia seja reconhecido. “Sem vida não há consumo. Mortos não consomem”, disse.

Situação da Covid-19 no Estado

Dados divulgados nesta terça-feira (23) pelo governo indicam que o Estado de São Paulo já registrou 58.199 óbitos e 1.990.554 casos confirmados desde o início da pandemia. Entre o total de casos diagnosticados de Covid-19, 1.774.964 pessoas estão recuperadas, sendo que 197.466 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 68,8% na Grande São Paulo e 68,6% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.834, sendo 7.337 em enfermaria e 6.497 em unidades de terapia intensiva.

Todos os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 625 com um ou mais óbitos.

Imagem: Reprodução/YouTube

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Brasil

Um comentário

  1. wepea

    03/01/2021 at 3:14 am

    amazing content, i like it

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Multinacional Ericsson divulga oportunidades para Programa de Talentos 2021

Você é uma pessoa curiosa, ligada em tecnologia, gosta de inovação, e quer estar onde o fu…