Facebook

Twitter

WhatsApp

Email

O prefeito Jonas Donizette informou que a cidade de Campinas vai aderir ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do Ministério da Educação. As cidades e estados interessados deverão demonstrar interesse até amanhã, dia 11/10.

Até o ano de 2023, o Ministério da Educação deverá implantar 216 escolas nesses moldes em todo o país, sendo que 54 delas já serão instaladas no ano que vem. A gestão deverá ser compartilhada entre militares e civis.

O custo médio de cada escola deverá ser de R$ 1 milhão, incluindo melhoras estruturais, compras de materiais e outras reformas. Militares da reserva deverão ser contratados para trabalharem nas escolas.

As escolas não são militares, porém são administradas por militares da reserva. A meta é que ao menos 10% das escolas de todo o país sejam nesses moldes até o final de seu mandato.

A maior parte dos vereadores de Campinas são favoráveis ao projeto e destacaram a “volta do respeito e da disciplina nas escolas”. Já o sindicato dos professores é contrário pois essas escolas restringirão a liberdade de pensamento dos alunos.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Qualidade da produção de origem animal é tema de curso online no Vale do Paraíba

Com o objetivo de fortalecer, de forma sustentável, a cadeia produtiva da bovinocultura de…