A Justiça de Campinas determinou que o secretário de transportes de Campinas, Carlos José Barreiro, saia do comando da presidência da Emdec. Barreiro não pode acumular os dois cargos.

A determinação foi dada pelo juiz Mauro Iuji Fukumoto, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas. Pela lei, Barreiro só poderia acumular os cargos se a receita da Emdec fosse igual ou inferior a R$ 90 milhões, o que não acontece, já que em 2016 e 2017, anos analisados, a receita foi superior a R$ 120 milhões.

A origem dessa decisão veio de uma ação civil pública. O Ministério Público também foi conta Barreiro acumular os dois cargos. O vereador Tenente Santini foi quem deu início ao caso, ainda no ano passado. Apesar da retirada do cargo da Emdec, Barreiro, com quem Jonas tem rabo preso e sabe muitos podres das prefeitura, segue na secretaria de transportes, para a infelicidade do município.

O problema é que como sabemos, o prefeito Jonas Donizette é péssimo em administração pública e deverá colocar algum político no cargo, piorando ainda mais a administração da Emdec, já horrível nas mãos de Barreiro. Mais uma vez, quem sofre é a população.

Ainda cabe recurso.

Da Redação ODC.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Analista de Operações – v2099897

Descrição Elaboração do plano anual de energia dos sites do cliente; Monitoramento do plan…