Ônibus da Rápido Luxo Campinas

Caso o sindicato não cumpra a decisão, poderá ser multado em R$ 1 mil por funcionário

ADAMO BAZANI

O desembargador Luiz Roberto Nunes, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, determinou que ao menos 50% dos funcionários da empresa Rápido Luxo Campinas, que estão em greve desde a madrugada desta quinta-feira, 14 de janeiro de 2021, voltem ao trabalho.

A decisão foi dada em caráter de urgência e atende parcialmente a empresa de ônibus que, na ação, pedia retorno de 70% dos trabalhadores.

O magistrado ainda determinou multa diária de R$ 1 mil por trabalhador que não cumprir a ordem a ser cobrada do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Jundiaí e Região.

Luiz Roberto Nunes também designou audiência de conciliação por videoconferência para a próxima segunda-feira, 18 de janeiro de 2021, às 13h30.

Como mostrou o Diário do Transporte, motoristas e demais funcionários da empresa Rápido Luxo Campinas, que opera ônibus do transporte intermunicipal nas cidades de Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista e Cajamar na região de Jundiaí, entraram em greve nesta quinta-feira, 14 de janeiro de 2021.

O motivo alegado pelo sindicato é que os trabalhadores estão insatisfeitos com a troca do convênio médico, já que o atual não estaria os agradando.

Em nota ao Diário do Transporte, a Rápido Luxo Campinas considerou a paralisação como pré-matura

A concessionária Rápido Luxo Campinas considera prematuro o movimento deflagrado hoje na porta da garagem em Campo Limpo por dois motivos: 1) a paralisação traz prejuízos à população usuária em um momento delicado da economia; 2) o novo plano de saúde é mais abrangente que o anterior.
O novo plano de saúde iniciou no dia 1º de janeiro, é um convênio de qualidade, de menor custo para os funcionários e dependentes e bem mais abrangente que o anterior. “Antes de ser efetuada a troca, a concessionária mostrou o novo plano ao sindicato e houve aprovação. Nos estranha a paralisação de hoje pois antes, os colaboradores tinham de se deslocar de várias localidades para serem atendidos em Jundiaí. Agora, com o plano mais abrangente, podem ser atendidos em Jundiaí, Franco da Rocha e Cajamar. Além disso, estão negociando para que os conveniados também sejam também atendidos em outras localidades da região”, explica Paulo Barddal, diretor de Comunicação do Grupo Belarmino, da qual a concessionária é integrante.
O novo plano também não tem nenhum tipo de carência (o antigo tinha para alguns procedimentos) e permite que os filhos de até 21 anos (se estudantes, até 24 anos) possam entrar como dependentes. O antigo permitia, no máximo, até 16 anos. Além disso, o novo plano conta com duas unidades hospitalares, uma em Franco da Rocha e outra em Jundiaí (Parada de Taipas). O novo plano oferece também ambulância com UTI para fazer o transporte dos conveniados em caso de necessidade.
Antes, todo o atendimento era realizado apenas em clínicas de Jundiaí e, por isso, os conveniados e os seus dependentes, mesmo que não morassem na cidade, tinham de se deslocar até lá. Com o novo plano, o atendimento é feito em Jundiaí, Cajamar, Franco da Rocha e a rede de atendimento está sendo ampliada para Cabreúva, Campo Limpo Paulista e Jarinú.
O novo plano prevê os seguintes procedimentos: consultas, exames clínicos e de imagem, ecocardiograma, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, nutricionista, mapa e Hotler, pronto-atendimento adulto e infantil, eletroencefalograma, eletrocardiograma, audiometria, acuidade visual, prova de função pulmonar, raio-x, ortopedia, cirurgias de urgência e eletivas, ressonância magnética, ultrassom, hemodinâmica, cateterismo laboratório, UTIs neonatal, infantil e adulto e tomografia.

Veja a decisão na íntegra:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Fonte: Diario do Transporte

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

João Carlos de Freitas analisa derrota da Ponte

O Guarani teve outra boa atuação, mas acabou derrotado pelo São Paulo nesta quarta-feira p…