A Justiça concedeu uma medida cautelar a favor do supermercado Dia que impede o homem de 45 anos que é suspeito de agredir clientes e funcionários da unidade do Cambuí, em Campinas, de frequentar o local.

O homem também não pode se aproximar da funcionária agredida nem virtualmente e nem fisicamente. Caso o homem desobedeça a ordem, ele pode ser preso.

A confusão aconteceu na noite da última segunda-feira, dia 27/07. O homem teria se recusado a usar uma máscara de proteção dentro do supermercado. Ao ser questionado pela funcionária, começou um bate boca que terminou com empurrões.

A gerente do supermercado fechou as portas da unidade com os clientes dentro para esperar a chegada de uma viatura da Polícia Militar, o que aconteceu logo depois.

Todo mundo foi parar no plantão policial. O homem disse na delegacia que não estava sem a máscara. O uso da máscara é obrigatória dentro de qualquer estabelecimento comercial na cidade.

Da Redação ODC
Fonte: G1
Leia também: Campinas deverá ficar mais uma semana na fase laranja do plano de reabertura do comércio

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Tempo muito seco coloca Campinas em estado de alerta; Umidade ficou abaixo de 20%

O tempo seco e sem chuva levou a cidade de Campinas a decretar estado de alerta no meio da…