A Região Metropolitana de Campinas recebe com frequência imigrantes das mais diversas partes do país, porém o maior número são do Haiti, seguido por venezuelanos.

Apenas os haitianos representam 33% dos estrangeiros que procuraram se firmar na região de Campinas entre o ano de 2009 e o ano de 2019.

Os dados foram obtidos através de uma análise nas autorizações de residência emitidas pelo Governo, sendo vistos temporários, permanentes ou humanitários. Refúgios não foram contabilizados ainda pois aguarda decisão específica.

No período do estudo, 31.717 novos registos foram ativados, sendo 62,29% apenas na cidade de Campinas. Os demais foram para outras cidades, como Americana (7,22%) e Indaiatuba (5,8%).

Além de haitianos e venezuelanos, a região tem recebido imigrantes da Colômbia, da China, da Bolívia, do Peru e de Angola, além de outros.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Avanço do novo coronavirus pelo interior paulista pode ter sido causado por viagens nos feriados

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

PAI-Serviço tem novas regras de cadastro; Veja como fazer o seu e quando renovar

O PAI-Serviço, que faz o transporte gratuito de pessoas com deficiências em Campinas, está…