Ordem de Serviço autoriza início da obra do Centro de Saúde do Bassoli

15/04/2019 – 08:52


 

Já está autorizada a construção do novo Centro de Saúde do Jardim Bassoli. O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, assinou na manhã do último sábado, dia 13 de abril, a Ordem de Serviço para o início das obras no local. A cerimônia contou com a presença de várias lideranças comunitárias de associações de bairros da região, do secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza, de vereadores, profissionais da área e moradores locais. A nova unidade faz parte do programa “Saúde em Ação”, parceria entre Prefeitura, Estado e BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

 

 

Em sua fala aos presentes, o prefeito Jonas Donizette destacou que a nova unidade de saúde vai atender toda a região do Jardim Bassoli e beneficiar 10 mil pessoas, que hoje são atendidas no CS Floresta. “Muitas cidades no Estado de São Paulo e no Brasil não têm dez mil habitantes. Então, essa região tem mais habitantes que muitas cidades. Precisava de uma creche, que já foi feita e está atendendo as famílias que moram aqui. E faltava o Centro de Saúde. Corremos atrás de recursos para atender essa reivindicação da população”, afirmou.

 

 

O prefeito lembrou a dificuldade que tem sido lidar com o “momento de escassez” na Administração Pública nos anos recentes de crise, que tem sido driblado com projetos bem estruturados em busca de financiamento externo, como o programa “Saúde em Ação”. O investimento na obra está orçado em R$ 2,8 milhões, levantados por meio do Estado e do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

 

 

Jonas Donizette aproveitou para agradecer ao empenho do secretário Carmino de Souza pelo trabalho na Saúde. Ele lembrou que o CS do Bassoli não estava inicialmente previsto entre as obras planejadas, mas que foi incluído por conta da necessidade de atender a demanda da população. “O Centro de Saúde tira a sobrecarga dos hospitais, atendendo os pacientes de menos risco. A pessoa está doente, mas, em vez de ir para o hospital, ela pode ser atendida no Centro de Saúde perto da casa dela.”

 

 

O novo Centro de Saúde contará com 864 metros quadrados de área construída e terá dez consultórios, incluindo dois de odontologia. Além disso, haverá farmácia, recepção, salas de vacinas, de inalação, de curativos, de aplicação de medicamentos e observação, de espera, entre outras.

 

 

O CS Bassoli será todo adaptado para o atendimento e informatizado. “Não vou entregar só prédio. Será entregue com equipamentos, pronto para funcionar”, afirmou o prefeito.

 

 

A previsão é que as obras sejam iniciadas já nesta semana e a expectativa é que sejam concluídas em 15 meses.

 

 

Investimentos na Saúde

 

 

A obra do novo Centro de Saúde Bassoli é mais uma das realizações da atual Administração Municipal. Atualmente, a Saúde conta com duas grandes obras em estágio avançado: o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e o Pronto Socorro Metropolitano.

 

 

O prefeito lembrou, durante a cerimônia no Bassoli, que tem feito várias entregas na área de Saúde e que já estão em construção os novos Centros de Saúde do Jardim Lisa, Nova América, Esmeraldina, Boa vista e São Cristóvão. E outras dezesseis unidades de Saúde estão passando por reforma: CAPS Castelo Branco e os Centros de Saúde Capivari, Costa e Silva, Conceição, São Quirino, Ipaussurama, São José, Floresta, Aeroporto, Castelo Branco, Santa Odila, Santo Antônio, São Marcos, Anchieta, DIC 1 e São Domingos. A previsão é que as obras sejam entregues ainda em 2019.

 

 

Desde 2013, já foram entregues 11 novas unidades básicas de saúde: os Centros de Saúde San Martin, Parque Oziel, Região Central, San Diego, São Bernardo, Santos Dumont, Vila Perseu Leite de Barros, Satélite Íris 1, Jardim Florence, DIC 6 e a Policlínica 1 (no Guanabara). Mais duas deverão ser inauguradas em abril: o Centro de Saúde do Satélite Íris 2 e o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) do Parque Itália.

 

 

Recentemente, foram entregues as reformas dos Centros de Saúde Vila Ipê, Rosália, Fernanda e Carvalho de Moura.

 

Também estão em reforma os Prontos Socorros Infantil e Adulto do Hospital Ouro Verde, que atendem juntos 900 pessoas por dia, e já foi assinada a ordem de serviço para a reforma do setor de Oncologia do Hospital Mário Gatti.

 

 

 

Nos últimos anos, foi entregue o Hospital de Amor, unidade em Campinas do Hospital de Câncer de Barretos, que zerou a fila de mamografia na cidade. Também foram inaugurados o primeiro pronto-socorro odontológico, na UPA Campo Grande, e o Centro de Tratamento de Queimaduras, o primeiro no município.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Fonte: Prefeitura de Campinas

Artigos relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

MCB celebra Dia das Mães com oficinas e Bazar da Cidade

O Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa…