Connect with us

Destaque

Participação popular dá o tom da sessão pública da nova licitação do transporte coletivo

Published

on

 

Mais de 150 pessoas, entre lideranças comunitárias, autoridades, vereadores e público em geral, participaram da sessão pública realizada para a apresentação das bases do novo processo licitatório para a concessão do transporte público coletivo de Campinas. O evento ocorreu na manhã desta segunda-feira, dia 22 de novembro, no Salão Vermelho do Paço Municipal.

A abertura e coordenação dos trabalhos foi feita pelo secretário de Transportes, Vinicius Riverete. “Estamos cumprindo o compromisso do prefeito Dário Saadi, de iniciar o processo de licitação do transporte neste ano. Estamos mostrando os dados da nova licitação e começando o processo para a sociedade, que terá 30 dias para se manifestar e opinar, antes das audiências públicas. É um processo com total transparência.”, explicou o secretário.

A participação será garantida por meio do site da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) – www.emdec.com.br -, onde a população poderá fazer perguntas e sugestões sobre o processo. Riverete destacou, ainda, que “a licitação do transporte será transformadora e inovadora, para realmente atender a toda sociedade com qualidade. É possível fazer diferente. Mas é importante a participação de todos, para fazermos a melhor licitação possível”.

A mesa de abertura da sessão pública também foi composta pelo presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva; e pelos vereadores Jorge Schneider e Otto Alejandro Ettinger, que é presidente da Comissão de Mobilidade Urbana e Planejamento Viário da Câmara. O vereador Cecílio Santos também esteve na sessão pública. Membros do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT), além de representantes de diversos segmentos e munícipes participaram do evento, que teve perguntas formuladas pelo público respondidas ao final do evento.

Para Ayrton Camargo e Silva, o “…encontro tem total transparência, clareza e objetividade. Com essa licitação do transporte, queremos continuar o desafio do pioneirismo que Campinas tem em vários segmentos, trazendo qualidade e inovação; e criando condições para que o transporte coletivo seja o elemento prioritário da mobilidade, na cidade. Nosso compromisso é tornar o transporte coletivo mais competitivo, para que a cidade dependa menos do automóvel e dos meios motorizados individuais para os deslocamentos”.

A apresentação dos principais aspectos do novo processo licitatório foi feita pelo representante da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), Bruno Toni Palialol. A FIPE foi contratada pela Administração municipal, em junho, para realizar a revisão e adequação do termo de referência e edital para a nova licitação, incluindo a modelagem econômico-financeira; e a verificação independente dos atuais contratos de concessão. Também é importante a participação do WRI Brasil (World Resources Institute) para nortear os principais conceitos da nova concessão, sobretudo, na questão da eletrificação da frota.

Novo processo
A apresentação trouxe os principais aspectos do novo processo licitatório para a concessão do transporte coletivo, como: premissas da licitação; modelagem operacional; e modelagem institucional e econômico-financeira. Dentro da premissas estão a redução de custos em um momento de aumento no preço dos combustíveis no setor de transporte; e o incentivo à adoção de frota limpa e ambientalmente sustentável.

O novo edital irá atender as sugestões do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Ministério Público (MP) feitas em relação ao edital anterior. Também contemplará a racionalização das linhas para adequação ao plano viário do município.

Operacionalmente serão dois lotes. O Lote 1 abrange as áreas Norte, Oeste e Noroeste; e o Lote 2, as áreas Leste, Sul e Sudoeste. Serão quatro linhas BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido): Terminal Campo Grande / Terminal Metropolitano, Terminal Campo Grande / Terminal Central (via Perimetral), Terminal Ouro Verde / Terminal Central e Terminal Ouro Verde / Terminal Metropolitano (via Perimetral). Também haverá 10 linhas troncais de média capacidade, que futuramente poderão ser convertidas em BRT; e três linhas serão centrais.

Ainda dentro da modelagem operacional está a criação de estação central de recarga; criação de unidade de geração elétrica solar; incentivo à adoção de combustível limpo; limpeza e segurança das paradas BRT; e painéis de mensagens variáveis nas paradas BRT, entre outros.

A demanda de passageiros foi projetada para 88 milhões por ano, em 2022. Parte da frota operacional será elétrica, começando com 85 veículos no primeiro ano; e chegando a 306 a partir do quarto ano da concessão.

Dentro da modelagem institucional e econômico-financeira estarão os indicadores de desempenho e um verificador independente; e a criação de sociedade de propósito específico (SPE). Os parâmetros da licitação serão de menor tarifa e maior outorga. O prazo de concessão será de 15 ou 20 anos. O cenário de concessão por 20 anos possui mais vantagens, como tarifa técnica (tarifa que o concessionário tem o direito de receber, não a da catraca) de R$ 5,02 contra, contra R$ 5,14 de 15 anos; e subsídio anual de R$ 63,3 milhões, contra R$ 72,8 milhões no cenário de 15 anos.

Como próximos passos, após a realização da sessão pública, a população tem até o dia 22 de dezembro, ou seja, 30 dias, para enviar sugestões. As dúvidas e sugestões serão direcionadas no site da Emdec (www.emdec.com.br), na Seção “Transporte”, em “Concessão do Transporte Público”.

Clique, AQUI, para ver a apresentação.
 

Destaque

Campinas recebe festival de carros antigos e de gastronomia

Published

on

Campinas recebe a Exposição Nacional de Antigomobilismo no próximo fim de semana, de sexta a domingo, dias 3, 4 e 5 de dezembro, na Lagoa do Taquaral. Na sexta-feira, o evento irá das 17h às 22h, e sábado e domingo, das 10h às 22h. Este é um dos maiores eventos de carros antigos do Brasil, organizado pela Decor Associados e Fadel Eventos, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campinas, Clube V8, Puma Clube e Confraria dos Gigantes. A entrada é gratuita.

A exposição deve receber de 500 a 800 veículos antigos, nacionais e importados, com variedade de marcas e modelos fabricados desde 1910 até 1990. Haverá carros clássicos, originais, restaurados, do tipo hot rods (veículos antigos modificados), streets, uma frota antiga de carros militares e caminhões gigantes.

No domingo, às 15h, o Papai Noel chegará em um carro de Bombeiros antigo, dos anos 1950, que pertenceu aos estúdios da Warner Bros.

Fãs clubes de veículos antigos e colecionadores, incluindo de motos, Kombis e Fuscas, já confirmaram presença. Em uma das áreas haverá, além de veículos antigos, peças e acessórios para comercialização.

Concurso

Será promovido um concurso, com premiações, nas categorias: originalidade, clube com maior número de inscritos, o hot mais bonito, a melhor customização, o motorista com a carta mais antiga, a mulher mais velha dirigindo carro antigo e a mais nova, e o clube que trouxer o maior número de mulheres associadas.

Outras atrações

Junto à Exposição de Antigomobilismo ocorre o Brasa e a Fest Beer, um festival gastronômico com cervejas artesanais, churrasco, torresmo, doces, hambúrgueres gourmet e o famoso torresmo de rolo.

Uma programação musical tornará o evento ainda mais divertido, apresentando seis bandas ao vivo de rock, pop e sucesso dos anos 80/90, nos três dias. A entrada para os shows é gratuita, com ingresso solidário de um quilo de alimentos ou um brinquedo em bom estado, para doação ao Banco de Alimentos de Campinas.

Também haverá uma área kids, com brinquedos infláveis para crianças. Nesta atração, os ingressos serão pagos.

Recomendações sanitárias para o evento

Os visitantes deverão apresentar documento com foto e comprovante de vacinação com as duas doses (pelo aplicativo ou no papel). Para quem tomou apenas uma dose ou nenhuma, será obrigatória a apresentação do teste negativo para Covid-19 do tipo antígeno (realizado até 24 horas antes) ou do tipo PCR (realizado até 48 horas antes).

SERVIÇO

Exposição Nacional de Antigomobilismo e Festival na Brasa

Datas e horários: 3 de dezembro, sexta-feira, das 17h às 22h; 4 e 5, sábado e domingo, das 10h às 22h

Domingo, dia 5, às 15h – Chegada do Papai Noel a bordo de um carro de bombeiros americano utilizado no cinema

Local: Lagoa do Taquaral (Parque Portugal) – Av. Dr. Heitor Penteado, 1671, Parque Taquaral. Entrada pelos portões 5 e 7 e no acesso ao kartódromo

Continue Reading

Destaque

Região de Campinas tem ao menos 10 cidades que vão desobrigar uso de máscaras nos ambientes externos em 11 de dezembro

Published

on

Cidades da região acompanham decisão do governo estadual — Foto: TV Globo

Dez cidades da região de Campinas (SP) confirmaram, até este sábado (27), que vão desobrigar o uso de máscaras em ambientes externos (ao ar livre) a partir de 11 de dezembro, em medida que acompanha a decisão o governo estadual. Maior município do grupo, a metrópole informou que vai anunciar a decisão na semana que vem.

Até quinta-feira (25), Americana, Hortolândia, Indaiatuba, Valinhos e Vinhedo já haviam anunciado a medida. De lá para cá, Holambra, Lindoia, Mogi Mirim, Pedreira e Socorro seguiram a regra.

O uso vai continuar obrigatório em espaços fechados e no transporte público, inclusive dentro de estações e terminais urbanos. A determinação do governo estadual considera a prerrogativa para as prefeituras adotarem regras mais rígidas.

O anúncio do governador João Doria (PSDB) sobre a flexibilização das máscaras foi feito na quarta-feira (24), antes da Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar a ômicron uma “variante de preocupação” do novo coronavírus – o que ocorreu na sexta (26).

LEIA TAMBÉM:

Holambra, Lindoia, Socorro, Pedreira e Mogi Mirim

A Prefeitura de Holambra informou que segue, desde o primeiro semestre do ano passado, as orientações e recomendações do Plano São Paulo. “E que, portanto, não exigirá o uso de máscaras de proteção facial em locais externos a partir do dia 11 de dezembro”.

Assim como em Holambra, as prefeituras de Pedreira, Socorro, Lindoia e Mogi Mirim informaram que seguirão o Plano São Paulo.

O g1 procurou as 31 cidades da região de Campinas, mas o restante não confirmou se vai aderir à medida.

O prefeito de Morungaba informou que todas as questões ainda serão definidas “após a discussão com outros prefeitos da região na próxima reunião da RMC, no dia 29 de novembro”.

Governador João Doria durante coletiva de imprensa nesta quarta (20) — Foto: ANDRÉ RIBEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Outras cidades

Em Campinas, a prefeitura informou que vai decidir sobre a regra na semana que vem. A administração não comunicou a data exata, mas disse que também serão definidas as medidas para réveillon e carnaval.

A Prefeitura de Americana informou apenas que seguirá as normativas do estado, “como já vem acontecendo desde o início da pandemia”.

Já em Hortolândia, a administração municipal reforçou que a decisão está amparada também no fato de que 70% da população foi imunizada com as duas doses da vacina contra a Covid-19.

“Um segundo ponto analisado pelos especialistas para a tomada de decisão foi o impacto de 100% da capacidade de público em eventos culturais, esportivos e de lazer que está vigente em SP desde o dia 1º de novembro. As análises não identificaram aumento no cenário epidemiológico nos últimos 20 dias, demonstrando que a vacinação e as medidas de proteção mantiveram o controle da pandemia”, defendeu.

Em Indaiatuba, a prefeitura disse que segue as deliberações do Plano São Paulo no enfrentamento da pandemia.

Variante ômicron: cientistas alertam para necessidade da vacinação

Variante ômicron: cientistas alertam para necessidade da vacinação

Fim da multa em Valinhos

Em Valinhos, a flexibilização do uso de máscara significa também a suspensão das multas para quem for flagrado sem o equipamento de proteção em ambientes externos a partir do dia 11 de dezembro.

A prefeitura argumenta que atingiu a menor média de internações pela Covid-19 desde o início do ano e, nesta semana, registrou o primeiro dia sem novos casos confirmados.

Além disso, se amparou no fato de que a cidade tem 88,55% da população acima de 12 anos imunizada com as duas doses, ou dose única da Janssen.

Em Vinhedo, a prefeitura comunicou que a medida também começa a valer em 11 de dezembro e foi amparada pelo Comitê Científico do Estado e “em dados positivos de avanço da vacinação e do cenário epidemiológico”.

O g1 entrou em contato com as prefeituras de Sumaré e Indaiatuba, e aguardava retorno até a publicação desta reportagem.

VÍDEOS: destaques da região de Campinas

Continue Reading

Destaque

Percorra Campinas (SP) e descubra “O que te assombra?”

Published

on

Edlaine Garcia conhece o pessoal do podcast “O que te assombra?” — Foto: EPTV

Sabe aquele frio repentino de gelar a espinha, que dispara o coração e arrepia até os cabelos? E só aí que você percebe que não está sozinho?! Pois é, Edlaine Garcia visitou alguns pontos de Campinas (SP), que para muitos pode ser um lugar comum, mas guardam histórias assombradas de botar medo em qualquer um.

A nossa apresentadora conversou com um grupo de especialistas nas lendas fantasmagóricas que recontam a história do município, eles produziram um podcast narrando esses contos, que acabam se perdendo no imaginário da população, e prepararam um tour pela cidade campineira para tentar descobrir “O que te assombra?”.

Ficou curioso? Venha com a gente conhecer uma Campinas diferente:

Edlaine Garcia percorre pontos fantasmagóricas de Campinas (SP)

Edlaine Garcia percorre pontos fantasmagóricas de Campinas (SP)

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement

TAGS

+ VISTOS