A Prefeitura de Campinas adiou para o próximo dia 18 a consulta pública com a comunidade da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Odila Maia Rocha, no Jardim São Domingos, sobre a implantação da escola cívico-militar a partir do ano que vem.

De acordo com informações da Secretaria Municipal da Educação, o adiamento se deu a pedido do Ministério da Educação que pediu uma reunião com os profissionais antes da consulta que estava prevista para esta quinta-feira.

A escolha pelo local, segundo a pasta, foi definida com base na nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, 4,7, abaixo da média estadual, de 4,8, e pelo fato da escola estar em uma região de vulnerabilidade. A cidade foi a única escola escolhida pelo Governo Federal em todo o estado de São Paulo.

Fonte: CBN

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Terceirizada do Poupatempo de Campinas pode não pagar rescisões de funcionários demitidos

A empresa terceirizada que prestava serviços no Poupatempo do Centro de Campinas, pode não…