Connect with us

Destaque

SP lança o Bolsa do Povo Educação, com benefício para pais desempregados

Published

on

A partir desta quinta-feira (15/07), a Prefeitura de Hortolândia inicia a imunização contra a COVID-19 para pessoas sem comorbidades ou doenças crônicas nascidas até 1988. De acordo com a Secretaria de Saúde, essas pessoas já podem fazer, a partir desta quarta-feira (14/07), o cadastro no site Vacina Já (CLIQUE AQUI), do governo estadual, e o agendamento no site da Prefeitura, por meio deste LINK.

A vacinação é feita no Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) do Remanso Campineiro, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, e em diferentes locais a cada dia da semana (confira abaixo o cronograma dos pontos de vacinação). O horário da vacinação acontece das 8h às 15h30. A Secretaria de Saúde reforça a orientação que a vacinação é feita somente para as pessoas que fizeram o cadastro e o agendamento.

LEIA TAMBÉM

No dia da vacinação, as pessoas devem levar a impressão ou a foto da tela do agendamento, CPF (Cadastro de Pessoa Física), comprovante de endereço deste ano ou documento que comprove vínculo com o município, que pode ser Título de Eleitor, documento de veículo ou correspondência que a pessoa tenha recebido em seu nome. Caso a correspondência esteja no nome do cônjuge, é necessário levar Certidão de Casamento ou documento que comprove o estado civil da relação, Cartão Cidadão ou do SUS (Sistema Único de Saúde).

Também continuam a ser imunizadas pessoas com comorbidades ou doença crônicas acima de 18 anos. Estas pessoas devem levar comprovante da doença (laudo, relatório ou prescrição médica) em documento emitido em até um ano e que contenha o número de inscrição no CRM (Conselho Regional de Medicina) do médico que atende o paciente, e os documentos mencionados acima. A imunização também prossegue para pessoas com deficiência, que deverão apresentar laudo que comprove a deficiência e os documentos mencionados acima.

Confira abaixo os dias da semana e as UBSs onde é feita a vacinação contra a COVID-19:

Segunda-feira: UBSs Orestes Ôngaro, Figueiras, Novo Ângulo e Emeief João Carlos do Amaral Soares (para pacientes cuja UBS de referência é a Nova Hortolândia)

Terça-feira: UBSs Parque do Horto, Rosolém, Nova Europa e Amanda I

Quarta-feira: UBSs São Jorge, Campos Verdes e Santiago

Quinta-feira: UBSs Santa Esmeralda e Taquara Branca

Sexta- feira: UBSs Santa Clara, Adelaide, Amanda II e São Bento

Com informações Prefeitura de Hortolândia

Destaque

Pela 1ª vez no ano, Campinas não registra morte em boletim da Covid-19

Published

on

Região central de Campinas — Foto: Rafael Smaira/G1

Pela primeira vez em 2021, o boletim divulgado pela prefeitura de Campinas (SP) não registrou morte por Covid-19 nas últimas 24 horas – a última vez que o relatório ficou sem confirmação de óbitos pela doença ocorreu em 17 de dezembro de 2020, exceto nos dias com problemas no sistema de notificação. Com isso, a metrópole segue com 4.549 vidas perdidas desde o início da pandemia.

O fato de não constar no boletim não significa que não ocorreram mortes por Covid-19 no período, mas sim que não foram notificadas. O recorde de mortes divulgadas em 24 horas, por exemplo, é de 6 de abril, quando foram 69 em único boletim. Já o dia com mais mortes pela doença, em toda pandemia, foi 31 de março, com 43 óbitos.

Segundo dados apurados pelo g1 a partir dos boletins da prefeitura, os últimos dias sem morte confirmadas foram:

  • 27/11/2020
  • 03/10/2021
  • 16/10/2021
  • 19/10/2021
  • 21/10/2021
  • 22/10/2021

Sem a confirmação de mortes, o boletim trouxe o registro de 92 casos novos da Covid-19, elevando para 141.514 o total de infectados.

Números atualizados nesta sexta-feira:

De acordo com a prefeitura, a partir da próxima semana, os boletins serão divulgados apenas às segundas e quintas-feiras, devido a diminuição de casos e mortes por Covid-19 na cidade.

Acompanhe no gráfico abaixo o total de casos positivos desde 13 de março de 2020, quando Campinas registrou o primeiro morador infectado, e o acumulado diário com dados da administração.

Coronavírus em Campinas – Casos
Gráfico interativo: amplie e clique na linha para visualizar números completos e as datas.
Fonte: Prefeitura de Campinas e Estado (dia 02/05)*

Confira a curva do número de mortes acumuladas por dia do registro do óbito desde o início da pandemia no gráfico abaixo.

Coronavírus em Campinas – Mortes
Gráfico interativo: amplie e clique na linha para visualizar números completos e as datas.
Fonte: Prefeitura de Campinas e Estado (dia 02/05)*

VÍDEO: tudo sobre Campinas e região

Continue Reading

Destaque

Campinas encerra programação do mês das crianças com shows e oficinas neste final de semana; confira

Published

on

Campinas apresenta programação do Dia das Crianças neste final de semana — Foto: Mariana Maekawa

Campinas encerra neste fim de semana a programação do Dia das Crianças com shows e teatro. As atividades são gratuitas e acontecem neste sábado (23) e no domingo (24), das 8h às 12h, na Praça de Esportes Tancredo Neves e no Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim.

Entre as atrações estão show de trapezistas, “show dog” da Guarda Municipal, apresentação da Minicidade da Emdec e oficinas de esporte de futsal, basquete e jiu-jitsu. Veja, abaixo, a programação completa.

A apresentação de trapezistas é feita pelos irmãos Sabatino, artistas e trapezistas, apresentam nos dois dias o espetáculo “O Maior Artista da Terra” e “O Carteiro e a Bicicleta Acrobática”.

Além disso, a programação apresenta o novo espetáculo “O Carteiro e a Bicicleta Acrobática”, uma peça que resgata a moda antiga dos carteiros e do envio de cartas.

Programação completa

Sábado (23)

  • Local: Praça de esportes Tancredo Neves
  • Endereço: Avenida das Amoreiras 4445 – Jd. Novo Campos Elíseos
  • Horários: 8h-12h
  • Oficina de futsal
  • Oficina de basquete
  • Aula aberta de Jiu-jítsu
  • Atividades Braille
  • Minicidade – Emdec

Apresentações

  • 9h: Show Dog – Guarda Municipal
  • 10h: Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
  • 11h: Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática

Domingo (24)

  • Local: Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim
  • Endereço: R. Raul Teixeira Penteado, 2 – Vila Brandina.
  • Horários:
  • 8h-12h: Minicidade – Emdec
  • 10h: Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
  • 11h: Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática

VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região

Continue Reading

Destaque

Tour Guiado neste sábado visita locais ‘assombrados’ de Campinas

Published

on

Que tal conhecer histórias de assombrações de Campinas por meio de um tour guiado e gratuito?

É o que vai rolar neste sábado, dia 23 de outubro, a partir das 9h. A atividade é promovida pelos projetos “O que te assombra?” e o perfil Campinas Secreta. Não é preciso fazer inscrição antecipada, a participação é livre.

O passeio propõe um tour por locais na cidade com histórias de assombrações.

A atividade é parte do projeto “O que te assombra?”, que reúne uma série de oito episódios no Youtube. De acordo com o roteirista e compositor Thiago de Souza, um dos idealizadores, ideia surgiu a partir da leitura da obra “Assombrações do Recife Velho”, de Gilberto Freyre. “Li o livro e fiquei apaixonado com essa ideia de contar as histórias da cidade, levando em conta o recorte social, os motivos da concepção da morte de uma pessoa e o nascimento das assombrações. Elas são resultado de uma ferida social. Campinas anda à margem, a gente precisava contar e ouvir as histórias da cidade”, comentou.

A série _que ainda reúne outros profissionais: o músico Silo Sotil, a jornalista Júlia Zampieri, e o artista plástico Matheus Hass_,  traz casos de aparições fantasmagóricas na cidade que povoam a imaginação dos campineiros por décadas, com a proposta de trazer à luz da atualidade assombrações históricas, aparições, maldições, almas penadas, as circunstâncias de suas mortes, aspectos de suas vidas pessoais e, principalmente o cenário social de suas épocas.

“Acreditamos que as assombrações têm sempre algo a nos dizer. Uma injustiça, um preconceito, uma covardia, um desencontro, um desamor. Muitas vezes elas são feridas pessoais, comunitárias e sociais, não cicatrizadas” afirma, Souza.

Além disso, o projeto também tem o propósito de imortalizar casos no mundo virtual, para que eles estejam disponíveis para as futuras gerações e para apreciadores do gênero, devido ao aspecto de que os relatos de assombrações sempre foram transmitidos de maneira oral e acaba se perdendo ao longo do tempo.

“A história do Elesbão (homem negro escravizado), por exemplo, tem um significado tão grande, não só pela tragédia, pela atrocidade cometida contra ele, é uma vergonha para a cidade, mas porque mudou o nome de coisas, e a gente conta a história dele, e gosto muito dessa capacidade das histórias, ao serem reveladas, fazem as pessoas refletir”, comenta Souza.

Então, para quem quer conhecer um pouco mais das histórias, é só participar do tour!

Confira o roteiro:

08h45 – concentração no Largo Santa Cruz – Elesbão e o lago da Forca
09h00 – saída do comboio
09h10 – chegada no monumento túmulo do maestro Carlos Gomes – Assombração de Carlos Gomes
09h45 – saída para o túnel da Vila Industrial
09h50 – chegada no túnel – Papo sobre o Fantasma do Túnel
10h30 – saída para o Cemitério da Saudade
10h35 – chegada ao Cemitério – papo sobre o bonde da Morte. Assombrações: Mulher apressada; Fantasma do agasalho; Soldado da Revolução; Maria Jandira; Toninho.
12h00 – retorno pro Largo Santa Cruz
12h10 – chegada no Largo Santa Cruz e papo sobre Elesbão
12h30 – encerramento do passeio

Confira o canal do Youtube do “O que te assombra?’.

https://www.youtube.com/channel/UCJD8_CQpaPujunQqOrzOpLg

Continue Reading
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement

TAGS

+ VISTOS