Linha tronco Hortolândia -Campinas é operada pela Transportes Capellini, que lidera o Consórcio Bus+. Foto: José Eduardo Garcia Pontual

Linhas troncais são operadas pelos consórcios Bus+ e Anhanguera, respectivamente

ALEXANDRE PELEGI

Despachos do Gabinete do Secretário dos Transportes Metropolitanos, do Governo de São Paulo, aprovaram a criação dos Serviços Complementares a duas linhas metropolitanas da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

As aprovações foram publicadas na edição do Diário Oficial do Estado deste sábado, 28 de março de 2020, e se referem às seguintes linhas:

Criação do Serviço Complementar (Derivação) à linha tronco C-695 TRO 

C-695DV1-000-R, Hortolândia (Jardim Santiago) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira) via Hortolândia (Residencial Anauá), na linha tronco C-695TRO-000-R, Hortolândia (Jardim Santiago) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira), operada pelo Consórcio Bus+.

O Consórcio Bus+ é liderado pela Transportes Capellini, que integra o Grupo Belarmino, e atende toda a Região Metropolitana de Campinas (RMC).

No caso de Serviço Complementar de Derivação, este necessita ter terminais coincidentes com os da linha, além de distância de qualquer ponto do itinerário que não ultrapasse 20% de sua extensão ou 3 quilômetros, adotando-se o menor valor entre elas.

A quantidade de viagens deve ser inferior a 40% das viagens da linha, dentre outros critérios.

Criação do Serviço Complementar (Viagens Parciais) à linha tronco 283 TRO 

C-283VP1-000-R, Carapicuíba (Cidade Ariston) – Osasco (Centro) na linha tronco C-283TRO-000-R, Carapicuíba (Cidade Ariston) – Osasco (Vila Yara), operada pelo Consórcio Anhanguera.

O objetivo é criar um serviço complementar de Carapicuíba ao centro de Osasco para atender o trecho no qual estão concentrados 85% dos 11,5 mil passageiros transportados pela referida linha nos dias úteis.

A aprovação prévia da EMTU, para o Consórcio Anhanguera criar um serviço complementar na ligação entre Carapicuíba e Osasco, na Grande São Paulo, foi noticiada pelo Diário do Transporte em fevereiro deste ano. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/02/20/emtu-aprova-servico-complementar-em-linha-entre-carapicuiba-e-osasco/

complementar_EMTU

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Fonte: Diario do Transporte

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

No CBN Esportes, Muricy Ramalho diz não descartar volta ao São Paulo

Um dos treinadores mais vitoriosos dos últimos anos, Muricy Ramalho passou por grandes clu…