1 de 5
Confira as últimas notícias sobre o coronavírus na região — Foto: Hellen Souza/ Arte-G1

Confira as últimas notícias sobre o coronavírus na região — Foto: Hellen Souza/ Arte-G1

O Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, de Campinas (SP), acompanhará 500 profissionais de saúde voluntários nos testes da vacina chinesa contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2). A universidade é um dos 12 centros de testagens selecionados pelo Instituto Butantan, que conduz a pesquisa em parceria com uma farmacêutica chinesa.

Não há previsão para o início da testagem na Unicamp, segundo o infectologista responsável, Francisco Aoki. O termo de cooperação técnica entre o Butantan e a universidade ainda não foi assinado, e a instituição de ensino superior aguarda a chegada de uma nova geladeira para armazenamento de insumos.

2 de 5
Infectologista da Unicamp, Francisco Aoki será responsável pela testagem da vacina chinesa no Hospital de Clínicas — Foto: Reprodução/EPTV

Infectologista da Unicamp, Francisco Aoki será responsável pela testagem da vacina chinesa no Hospital de Clínicas — Foto: Reprodução/EPTV

Novos casos e mortes

Desde o início da pandemia, a região contabiliza 25.324 casos positivos nos 31 municípios da área de cobertura do G1 Campinas. Além disso, já ocorreram 970 mortes em 25 cidades.

Campinas passa de 500 óbitos

Campinas confirmou, na manhã desta quarta-feira (15), mais 22 mortes por coronavírus e chegou a 503 óbitos provocados pela doença. De acordo com a administração, o número de pacientes infectados teve aumento de 180 casos no intervalo de um dia, totalizando 12.427 registros da Covid-19.

As novas mortes e os casos divulgados nesta terça não significam, necessariamente, que as infecções aconteceram de um dia para o outro, mas sim que foram contabilizadas no sistema neste período, após confirmação de exames.

Campinas prorroga quarentena

A Prefeitura de Campinas prorrogou, até o dia 30 de julho, a quarentena para combater o avanço de casos do novo coronavírus no município. A medida, em vigor na cidade desde o dia 23 de março, mantém apenas serviços essenciais em funcionamento e determina restrições em diversos setores da economia e do comércio da cidade.

O decreto de prorrogação assinado pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) foi publicado no Diário Oficial da cidade nesta quarta-feira (15) e passa a valer imediatamente. De acordo com o chefe do Executivo, na hipótese de surgir novas justificativas sanitárias, o prazo será novamente prorrogado.

3 de 5
Faixa para organizar fluxo de pedestres no Centro de Campinas é desrespeitada. — Foto: Paulo Gonçalves/EPTV

Faixa para organizar fluxo de pedestres no Centro de Campinas é desrespeitada. — Foto: Paulo Gonçalves/EPTV

Respiradores recuperados

Uma força-tarefa que envolveu uma fabricante de veículos com unidades em Sumaré (SP) e Manaus (SP) ajudou a consertar 80 respiradores para hospitais e centros de saúde durante a pandemia. Ao todo, 33 profissionais integraram as equipes responsáveis por higienizar, recuperar, calibrar e testar os aparelhos antes de devolvê-los para serem utilizados por pacientes com coronavírus.

Uma das unidades atendidas pela ação foi o Hospital PUC-Campinas. Nivaldo Lacerda Cunha, diretor administrativo da unidade, destacou que a força-tarefa ajudou a salvar vidas.

Durante os trabalhos, a equipe de funcionários da Honda contou com suporte de empresas especializadas nesse tipo de manutenção.

4 de 5
Grupo com 30 pessoas está envolvido no trabalho de recuperação dos respiradores para ajudar no combate à Covid-19 — Foto: Marcos Brasil/Honda/Divulgação

Grupo com 30 pessoas está envolvido no trabalho de recuperação dos respiradores para ajudar no combate à Covid-19 — Foto: Marcos Brasil/Honda/Divulgação

Casos no Centro de Geriatria de Paulínia

A Prefeitura de Paulínia (SP) confirmou, na noite de terça-feira (14), sete casos do novo coronavírus no Centro de Geriatria do município. De acordo com a Secretaria de Saúde, os pacientes são três moradores e quatro funcionários. Todos eles estão isolados e são acompanhados pelas autoridades de saúde. Nenhum precisou de internação.

Ainda segundo o Executivo, os 25 idosos que moram no local e os 93 funcionários da instituição foram testados para a doença. A Vigilância Epidemiológica também esteve no local e vacinou trabalhadores e residentes contra a gripe. As doses não imunizam contra o novo coronavírus, mas pode diminuir os quadro gripais e evitar que eles sejam confundidos com casos da Covid-19.

Coronavírus: dicas para organizar a vida durante o isolamento

Coronavírus: dicas para organizar a vida durante o isolamento

5 de 5
Erros e acertos no uso da máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

Erros e acertos no uso da máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

CORONAVÍRUS

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Ponte perde a segunda seguida na Série B

A Ponte Preta foi derrotada pelo CRB por 1 a 0 neste sábado, em Maceió/AL. Foi a segunda d…