Confira as últimas notícias sobre o coronavírus na região — Foto: Hellen Souza/Arte-G1

A plataforma criada por pesquisadores da USP e da Unesp para analisar dados da Covid-19 e predizer o avanço da doença no estado de São Paulo prevê novo aumento na taxa de transmissão do novo coronavírus na região de Campinas (SP) nos próximos dias. Depois de oscilar e ficar abaixo de 1 no final de dezembro, a curva é ascendente e estima que chegue a 1,37 nesta quarta-feira (20).

Isso significa que de um grupo de 100 contaminados com Covid-19, essas pessoas podem disseminar o vírus para novas 137 pessoas, gerando novos contágios de maneira progressiva. Índices acima de 1 são considerados perigosos e demonstram avanço da pandemia.

Com base na média móvel de casos e mortes, a médica infectologista da Unicamp, Raquel Stucchi, avaliou que a região vive uma segunda onda da pandemia.

Casos e mortes por Covid-19

Desde o início da pandemia, já foram contabilizados 136.973 registros positivos da doença e 3.494 mortes nos 31 municípios da área de cobertura do G1 Campinas.

Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

CORONAVÍRUS

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Mega-Sena, concurso 2.348: aposta do Rio leva sozinha prêmio de R$ 49 milhões

1 de 1 Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até as 19h — Fot…