Campinas registra baixa procura por exames de mamografia

Campinas registra baixa procura por exames de mamografia

As duas unidades móveis do Hospital de Amor de Campinas (SP), que oferecem exames gratuitos de mamografia, realizam metade dos atendimentos programados devido a baixa procura das mulheres pelo serviço.

Cada carreta tem capacidade para oferecer atendimento para até 52 pacientes por dia. Os veículos estão atualmente localizados no Hospital de Amor e no Centro de Saúde (CS) “Tancredo Neves”, no Jardim Campos Elíseos.

“Nós estamos disponibilizando o rastreamento pelas carretas. Pedimos que as mulheres de 40 a 69 anos procurem os centros de saúde e preencham esses agendamentos, pois há vagas sobrando”, diz a médica radiologista Érika Marina Solla Negrão.

Como funcionam os atendimentos?

As unidades móveis oferecem exames imediatos para as 52 primeiras mulheres que procurarem os veículos. Caso as procuras ultrapassem esse número, os profissionais que realizam atendimento nas carretas fazem um cadastro para encaminhar as pacientes para uma unidade fixa. Os cadastros também são realizados nos centros de saúde.

O Hospital de Amor informa que, em casos de encaminhamento, o exame de mamografia é realizado já na mesma semana do cadastro. A faixa etária para atendimento nas carretas é de 40 a 69 anos, mas os testes nos centros de saúde são oferecidos para mulheres com outras idades.

Para ter acesso ao atendimento, as pacientes devem ser moradoras de Campinas e atestar através de um comprovante de residência. Não é necessário o encaminhamento médico para realizar o pedido de exame de mamografia.

Prevenção do câncer de mama

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), as medidas preventivas diminuem em até 28% os riscos de uma mulher desenvolver câncer de mama.

Também de acordo com o INCA, o câncer nas mamas é o tipo que mais acomete as mulheres no Brasil: só em 2019 foram estimados 59.700 casos novos – o que representa uma taxa de incidência de 51,29 casos por 100 mil mulheres.

Instituto de Prevenção do Hospital de Amor de Campinas — Foto: Marcelo Andriotti/G1 CampinasInstituto de Prevenção do Hospital de Amor de Campinas — Foto: Marcelo Andriotti/G1 Campinas

Instituto de Prevenção do Hospital de Amor de Campinas — Foto: Marcelo Andriotti/G1 Campinas

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Analista de Operações – v2099897

Descrição Elaboração do plano anual de energia dos sites do cliente; Monitoramento do plan…