Quer receber as principais Notícias de Campinas e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Embora a maioria não saiba, a compulsão por comida é o transtorno alimentar mais comum em adultos. E pode ter sérias consequências psicológicas, sociais e de saúde. Enquanto comer até não poder mais pode ser inevitável em ocasiões especiais, como a ceia de Natal ou a festa de Ano Novo, é sempre melhor controlar o quanto você está comendo.

Para dissuadi-lo do caminho que leva a excessos, o Incrível.club listou as consequências negativas deste comportamento. E lembre-se, uma vida saudável é sinônimo de uma vida feliz!

Seu estômago se altera

Os alimentos que você ingere devem fornecer energia e qualquer excesso deve deixar o corpo. Todo esse processo é conhecido como digestão. Assim, quando você come excessivamente, o corpo começa a trabalhar demais. Isso pode causar evacuações frequentes e até levar à diarreia.

Além disso, a forma como você se alimenta tem consequências. Comer devagar e mastigar bem é a chave para evitar esse tipo de situação, ainda que conter os excessos poderia ser a melhor solução. Mas se você enfrentar esse problema, não se esqueça de hidratar seu corpo porque, no processo, perde-se muita água. A água de coco pode ser uma solução em casos como este.

Seu corpo parece estar no meio do verão

Se você comer mais do que normalmente está acostumado, seu metabolismo enlouquecerá. A frequência cardíaca aumentará e você começará a transpirar muito, como se estivesse dentro de uma sauna. Infelizmente, não há nada que possa fazer para interromper essa sobrecarga em seu metabolismo. Quando ela terminar, tudo voltará ao normal.

No entanto, para se sentir um pouco melhor nesses casos, recomenda-se tomar um banho de água fria.

Muitos gases no estômago

Quando você come, ingere um pouco de ar junto com a comida. E quanto mais come, mais ar engole. Esta ingestão de ar pode aumentar se tomar bebidas carbonatadas durante a refeição. O corpo também produz gás quando o alimento é digerido.

Portanto, até que o ar encontre uma saída, você pode se sentir desconfortável. Para evitá-lo ou pelo menos diminuir a quantidade de ar que chega ao seu estômago, é recomendável comer devagar e mastigar bem os alimentos. Mas, se de repente se sentir inchado, caminhar rapidamente pode ajudar a liberar o gás que se forma no estômago.

Você se sente inquieto…

Há uma crença generalizada de que comer demais pode deixá-lo com sono, mas a verdade é que, após ingerir uma grande quantidade de comida, é possível que se sinta inquieto e insone. Comer em excesso pode fazer com que o relógio circadiano saia do controle, ajudando o corpo a liberar hormônios que regulam o sono. Além disso, se o alimento ingerido for rico em carboidratos (como macarrão ou bolo), mesmo que adormeça na hora certa, à noite, você pode acordar com fome novamente quando o nível de açúcar no seu corpo diminuir.

A melhor coisa a fazer para evitar essa situação é parar de comer antes de ir para a cama. Mas, se já cometeu esse erro, o que pode ajudar é deixar o quarto escuro e o mais fresco possível.

…e enjoado

É bem possível que tenha dificuldade em dormir depois de comer mais do que o saudável, e o enjoo é algo que também pode aparecer. Isso porque, para digerir os alimentos, o metabolismo se acelera, assim como o ritmo cardíaco.

Para se sentir mais confortável, beba bastante líquido e descanse até que a sensação desapareça.

Você se sente nervoso, irritado e não consegue se concentrar

Sentir-se nervoso e irritado ou ter dificuldade em se concentrar em uma tarefa que precisa fazer depois de uma refeição suntuosa são sinais de que seu corpo está trabalhando muito para processar tudo o que ingeriu. Quando você come demais, o corpo libera o hormônio insulina para armazenar o excesso de açúcar e usá-lo quando o nível no sangue estiver baixo ou quando ele de mais energia, como entre as refeições ou quando se exercita. Isso faz com que o nível de açúcar no corpo caia drasticamente, provocando todos os tipos de sensações desagradáveis.

O curioso é que, devido a esse jogo de hormônios, você vai sentir fome mesmo depois de ter comido demais. Este é o mecanismo do corpo para devolver a quantidade necessária de açúcar à corrente sanguínea. Mas não caia nessa espiral. É melhor comer verduras de folhas verdes ou ovos, pois eles satisfarão seu apetite. Não vá atrás daqueles petiscos pouco saudáveis, mesmo que os queira.

De repente, desenvolve uma barriga de cerveja

A mudança mais notável que você pode perceber é um ligeiro aumento no tamanho da sua barriga. E pode pensar que suas calças encolheram, mas é o seu estômago que cresceu! Uma vez que o alimento tenha sido digerido, o estômago retornará ao seu tamanho normal.

A maneira mais fácil de evitar isso é comer devagar, o que não apenas permitirá que você deguste os alimentos, como dará ao seu cérebro tempo suficiente para entender quando se sentir satisfeito — o sinal para você parar.

Quantas vezes você come demais? Ou é forte o suficiente para resistir às tentações? Compartilhe nos comentários.

Artigos relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais em Saúde & Bem Estar

Deixe uma resposta

Leia também

Campinas abre inscrições para cursos gratuitos de assistente contábil e de recursos humanos

Campinas (SP) está com inscrições abertas para dois cursos gratuitos de qualificação profi…